Minuto de silêncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trabalhadores da Leuna-Werke em minuto de silêncio pelos 123 mineiros do desastre da mina Zwickau Karl-Marx.

Minuto de silêncio é a expressão para um período de contemplação, oração, reflexão ou meditação silenciosa. Similar ao ato da bandeira em meio mastro, o minuto de silêncio é também um gesto de respeito, em especial no luto com aqueles que morreram recentemente ou como parte de um evento histórico trágico.

Origem[editar | editar código-fonte]

A versão mais difundida sobre a origem do gesto é que ele tenha ocorrido pela primeira vez em Portugal, quando o Parlamento portugês recebeu a notícia do falecimento do diplomata brasileiro Barão do Rio Branco em 10 de fevereiro de 1912, mantendo-se em silêncio por 10 minutos.[1] [2] [3]

Outra versão conhecida é que a idéia do minuto de silêncio foi concebida pelo jornalista australiano Edward George Honey em um artigo no jornal londrino The Evening News, onde em 17 de novembro de 1919 o rei George V do Reino Unido proclamou que na 11a hora do 11o dia do 11o mês, todas as atividades deveriam ser interrompidas por 2 minutos em reverência à memória dos mortos na Primeira Guerra Mundial, ficando a data conhecida como Dia do Armistício.[4]

Referências

  1. POR UM MINUTO DE SILÊNCIO. Página visitada em 13 de junho de 2013.
  2. A ORIGEM DO MINUTO DE SILÊNCIO!. Página visitada em 13 de junho de 2013.
  3. Quando surgiu o "minuto de silêncio" nos jogos de futebol?. Página visitada em 13 de junho de 2013.
  4. New celebration of Armistice Day proposed (em inglês). Página visitada em 13 de junho de 2013.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Minuto de silêncio