Miopia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miopia
Classificação e recursos externos
CID-10 H52.1
CID-9 367.1
DiseasesDB 8729
MeSH D009216
Star of life caution.svg Aviso médico

Miopia é o distúrbio visual que acarreta uma focalização da imagem antes desta chegar à retina. Uma pessoa míope consegue ver objetos próximos com nitidez, mas os distantes são visualizados como se estivessem embaçados (desfocados).[1]

Para uma visão mais apurada, o ponto focal dos raios luminosos deve convergir para uma área próxima aos receptores de luminosidade (localizados na retina). No caso da miopia, o ponto focal é formado antes, o que pode acontecer por vários motivos:

  • excesso de poder dióptrico positivo do cristalino;
  • excesso de curvatura da córnea e, por conseguinte, de seu poder dióptrico positivo;
  • excessivo alongamento do globo ocular;
  • combinação dos fatores anteriores.

Causas[editar | editar código-fonte]

Pesquisas recentes em humanos e animais revelam que prolongados períodos de leitura em que é necessário focar os olhos a uma curta distância e a falta de luz solar podem causar miopia. As causas apontadas são ambientais e raramente de origem genética. Um estudo australiano sugere que o tempo que se passa ao ar livre é um factor determinante na incidência da miopia.[2] [3] Segundo este estudo, duas a três horas ao ar livre seriam suficientes para prevenir a miopia. Também há evidencias de que a exposição aos raios solares estimula a produção de dopamina que inibe o alongamento da esfera ocular [4] [5]

Sintomas da miopia[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Um dos sintomas que podemos considerar como um dos primeiros de um olho míope é a má visão ao longe, estando a visão ao perto salvaguardada.

No entanto, é evidente que se uma pessoa é míope de muitas dioptrias (ou graus), para ver bem de perto, teria que aproximar-se muito, o que é um fator muito cansativo e incômodo.

O sintoma que mais é relatado e que com frequência anuncia o aparecimento de miopia é a visão turva dos objetos distantes.

É frequente que nos primeiros estágios do problema, o indivíduo não se dê conta da perda de visão. Por este motivo, há que comprovar-se, junto da visão turva, existe o pestanejar constante, dores de cabeça ou tensão ocular.

Cena de duas crianças vistas através de um olho míope.
Visão normal.


Método convencional para correção da miopia[editar | editar código-fonte]

A correção da miopia poderá ser efetuada:

  • Pelo uso de lentes divergentes, também chamadas de negativas, na forma de óculos ou lentes de contato, que deslocam o ponto focal para trás.
  • Através de cirurgias que são realizadas por meio de diferentes técnicas aplicadas: Lasik; Lasek; PRK; Artisan; CK, Anéis Intracorneais e Implantes de Lentes Intraoculares Fácicas.
Correção da miopia por lente corretiva divergente.

Embora existam opções cirúrgicas para o tratamento da miopia, algumas modificações estruturais do bulbo ocular, oriundas dos fatores que provocam esta ametropia, persistem. O olho excessivamente míope, principalmente devido ao alongamento axial, pode apresentar degeneração ou descolamento da retina, além de ter maior propensão ao glaucoma, sinérese vítrea e descolamento da hialóide. A correção cirúrgica da visão, apesar de muito segura para a maioria dos casos, traz alguns riscos que devem ser levados em conta pelo candidato à cirurgia refrativa (a cirurgia para correção da miopia).

Métodos não convencionais[editar | editar código-fonte]

Na China, os alunos nas escolas fazem exercícios oculares, baseados nos pontos de acupuntura chinesa, a cada duas horas. Estes exercícios são usados para reduzir a fadiga visual e melhorar a oxigenação e circulação do sangue para os olhos.[6] [7] [8] [9] O método de treinamento multi-dimensional para correcção da miopia que iniciou-se com um projecto piloto em algumas escolas da China obteve resultados encorajantes.[10]

Exercícios de yoga também são usados para aliviar a tensão muscular em indivíduos com miopia.[11] [12]

O uso de óculos de lentes convexas (óculos graduados com dioptria de ampliação) são considerados benéficos, segundo alguns estudos, para a prevenção e recuo na progressão da miopia assim como o uso de lentes bifocais [13] [14] [15]

Um outro método dentro da terapia não convencional são os exercícios visuais elaborados pelo Dr. William Horatio Bates que visam fortalecer a musculatura do sistema ocular.[16] [17]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]