Misofobia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Misofobia é um termo usado para descrever o medo patológico do contato com a sujeira, evitar contaminação e germes. Alguém que tem tal medo muitas vezes é tratado como um "misofóbico". O termo foi introduzido por William A. Hammond em 1879[1] [2] descrevendo um caso de transtorno obsessivo-compulsivo em lavar frequentemente as mãos.

Esta fobia é às vezes mencionada como germofobia (ou germafobia), uma combinação de germe e fobia para significar o medo de germes, bem como bacilofobia e bacterofobia.

A Misofobia esteve muito tempo relacionada a TOC ou lavagem de mãos de alguém. Contudo, Harry Stack Sullivan, um psicólogo americano e psicanalista, observa que enquanto o medo da sujeira é a base da compulsão de uma pessoa com esta espécie de TOC, o seu estado mental não é sobre germes; em vez disso, esta pessoa sente que as mãos devem ser lavadas. [3]

Vários indivíduos bem conhecidos sofreram desta desordem, inclusive Howie Mandel, Cameron Diaz, Howard Hughes e Nikola Tesla. Além de personagens fictícios como Sheldon Cooper da série de TV The Big Bang Theory, o personagem Adrian Monk, da série de TV Monk e a personagem Emma Pillsbury da série de TV Glee.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. William A. Hammond (1883) "A Treatise on Insanity in Its Medical Relations" p. 529
  2. William A. Hammond, "Mysophobia," Neurologic Contributions 1, no.2 (1879): 40-54
  3. Harry Stack Sullivan (1973) "Clinical Studies in Psychiatry", ISBN 0393006883, p. 249
Ícone de esboço Este artigo sobre fobias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.