Missão hiberno-escocesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A missão hiberno-escocesa foi uma missão liderada por monges irlandeses e escoceses com vista a espalhar o cristianismo e que estabeleceu mosteiros na Grã-Bretanha e na Europa continental durante a Idade Média. A missão originou-se em 563 com a fundação do mosteiro de Iona pelo monge irlandês São Columba. Inicialmente era dedicada a ministrar o cristianismo aos gaels de Dalriada e à conversão dos pictos. Nos séculos seguintes a missão cresceu em poder e espalhou-se através da Inglaterra anglo-saxónica e do Império Franco. A missão inicial é muitas vezes associada à prática do chamado cristianismo céltico, que se distinguia pela sua organização em torno de mosteiros em vez de dioceses. A missão tardia foi mais continental na sua natureza.

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.