Miss USA 1990

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Miss USA 1990
Data: 3 de março de 1990
Apresentadores: Dick Clark, Leeza Gibbons e Laura Harring
Local: Century II Convention Center, Wichita, Kansas
Emissora: CBS, KWCH
Vencedora: Carole Gist
Representou: Michigan Michigan
Miss Simpatia: Janet Tveita
Miss Fotogenia: Stephanie Teneyck

A 39ª edição do concurso Miss USA foi realizada no Century II Convention Center, em Wichita, Cansas, no dia 2 de março de 1990.

Ao final da competição, Carole Gist, do Michigan, foi coroada pela sua antecessora Gretchen Polhemus, do Texas. Carole se tornou a primeira afro-americana a vencer o concurso e a primeira representante de Michigan a levar o título de Miss USA.

Pela primeira vez, as notas dos jurados foram mostradas aos telespectadores. Mudanças no sistema de classificação foram introduzidas. Ao invés do sistema de eliminação de 12 semifinalistas para 5 finalistas, o concurso passou a obedecer o seguinte sistema de corte: de 12 semifinalistas, selecionavam-se seis para a entrevista com os jurados. Desse grupo, três candidatas eram classificadas para a pergunta final que decidiria o título nacional. Tal regra também seria posta em prática no Miss Universo até 2000.

O concurso foi apresentado por Dick Clark na segunda de suas cinco vezes que comandou o Miss USA. Leeza Gibbons e Laura Harring, Miss USA 1985, foram as comentaristas.

Esta foi a primeira vez que o concurso ocorreu em Wichita, que sediaria a etapa americana do Miss Universo pelos próximos três anos.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Classificações[editar | editar código-fonte]

Mapa mostrando os resultados por Estado

Top 6[editar | editar código-fonte]

Top 12[editar | editar código-fonte]

Premiações especiais[editar | editar código-fonte]

Importância histórica[editar | editar código-fonte]

  • Carole Gist foi a primeira representante do Michigan a se classificar no Miss USA desde 1983 e a primeira a vencê-lo;
  • Nova Jérsei emplacou a terceira colocação pelo segundo ano seguido, um recorde para o Estado;
  • Esta foi a quarta classificação do Alasca em toda a história e a primeira desde 1978;
  • Kentucky se classificou pela primeira vez desde 1982;
  • A Geórgia se classificou pelo sexto ano consecutivo, com classificações no top 6 ou além disso em cada ano;
  • Esta foi a primeira classificação do Distrito de Columbia desde 1984 e só voltaria a repetí-lo em 2001;
  • Illinois se classificou pelo sétimo ano seguido;
  • O Texas teve uma semifinalista pelo décimo-sexto e último ano seguido. O Estado não se classificaria no Miss USA 1991;
  • Mississippi teve sua quarta classificação em cinco anos, um recorde para o Estado, que só voltaria a se classificar no Miss USA 2005;
  • Ohio se classificou pela primeira vez desde o segundo lugar de Halle Berry, em 1986. O Estado só voltaria a se classificar em 1999.
  • Gina Tolleson representou os Estados Unidos no Miss Mundo 1990 e foi eleita. Carole Gist ficou em segundo lugar no Miss Universo 1990, sendo derrotada pela norueguesa Mona Grudt. Se Carole tivesse levado a coroa de Miss Universo, Tolleson passaria a ser Miss USA e Karin Hartz, de Nova Jérsei, ficaria com a vaga americana no Miss Mundo.

Notas de avaliação[editar | editar código-fonte]

Preliminares[editar | editar código-fonte]

Etapa final[editar | editar código-fonte]

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Participações em outros concursos[editar | editar código-fonte]

1990 foi o ano de mais baixa presença de candidatas a Miss USA que competiram em outros certames desde 1986. Apenas três candidatas competiram anteriomente no Miss Teen USA:

Nenhuma ex-competidora do Miss América esteve no Miss USA 1990.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]