Missa do Crisma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Missa do Crisma, é uma missa realizada na Quinta-feira Santa. Consiste em dois pontos fundamentais:

  • a Bênção dos Santos Óleos, que são os óleos do Crisma, dos Enfermos e do Batismo.
  • a Renovação das Promessas Sacerdotais por parte dos sacerdotes diante do Bispo.

Rito das bênçãos dos Santos Óleos[editar | editar código-fonte]

Os óleos são levados ao altar, e daí segue o rito próprio para cada.

Consagração do Crisma[editar | editar código-fonte]

O óleo do Crisma sendo usado na Missa da Confirmação.

O Bispo derrama os perfumes e confecciona o óleo do Crisma em silêncio, a não ser que o óleo já tenha sido preparado. Após, ele invoca a longa Oração de Consagração:

O Bispo convida a todos a oração.:

Meus irmãos e minhas irmãs,

roguemos a Deus Pai todo–poderoso

que abençoe e santifique este crisma

para que recebam uma unção interior

e tornem-se dignos da divina redenção

os que forem ungidos em suas frontes.

O bispo, se for oportuno, sopra sobre o vaso do crisma e diz, de braços abertos, uma das orações de consagração:

Ó Deus, autor de todo crescimento

e todo progresso espiritual,

recebei com bondade a homenagem

que a Igreja, pela nossa voz,

vem prestar-vos com alegria.

 

Fizestes no princípio

que a terra produzisse árvores frutíferas,

e entre elas a oliveira,

cujos frutos fornecem este óleo tão rico

com que se prepara o santo crisma.

 

E Davi, antevendo com espírito profético

os sacramentos da vossa graça,

cantou a nossa alegria

ao sermos ungidos pelo óleo.

 

Nas águas do dilúvio,

ao serem lavados os pecados do mundo,

uma pomba anunciou a paz restituída à terra,

trazendo um ramo de oliveira,

imagem do futuro dom,

que agora se manifesta claramente,

pois, apagada toda mancha de culpa

pelas águas do Batismo,

esta unção de óleo nos traz às nossas faces

a serenidade e a alegria.

 

Também mandastes que vosso servo Moisés,

pela infusão deste óleo,

constituísse sacerdote seu irmão Aarão,

já purificado pela água.

E a tudo isso se acrescenta honra ainda mais alta

quando nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,

exigindo que João o batizasse nas águas do Jordão,

e sendo-lhe enviado o Espírito Santo

sob a forma de uma pomba,

proclamastes pelo testemunho de uma voz

que em vosso Filho Unigênito

estava todo o vosso amor

e claramente confirmastes ser ele por excelência

o Ungido com o óleo de alegria,

anunciado pelo profeta Davi.

 

Todos os concelebrantes estendem a mão direita em direção ao crisma até o fim da oração, em silêncio.

====== Por isso, nós vos suplicamos, ó Pai, ======

====== que santifiqueis este óleo ======

====== com a vossa X bênção. ======

====== Infundi-lhe a força do Espírito Santo, ======

====== pelo poder de vosso Cristo, ======

====== que deu o seu nome ao santo crisma, ======

====== com o qual ungistes vossos sacerdotes e reis, ======

====== vossos profetas e mártires. ======  

Fazei que este óleo do crisma

seja sacramento de perfeita salvação e vida

para os que vão ser renovados nas águas do Batismo.

 

Santificados por essa unção,

e sanada a corrupção original,

tornem-se templo da vossa glória

e manifestem a integridade de uma vida santa.

 

Segundo disposição da vossa vontade,

cumulados da honra de reis, sacerdotes de profetas,

revistam-se de um dom incorruptível.

 

Para os que renascerem da água do Espírito,

seja crisma de salvação,

fazendo-os participantes da vida eterna

e herdeiros da glória celeste.

Por Cristo, nosso Senhor.

 R.        Amém.

Bênção do Óleo dos Enfermos[editar | editar código-fonte]

Antes da Oblação, o Diácono se dirige próximo ao óleo dos Enfermos e o leva ao altar. O Bispo então, faz a oração da bênção:

Ó Deus, Pai de toda consolação, que pelo Vosso Filho quisestes curar os males dos enfermos, atendei à oração de nossa : enviai do céu o Vosso Espírito Santo Parácliro sobre este óleo generoso, que por Vossa bondade a Oliveira nos fornece para alívio do corpo, a fim de que pela Vossa santa + bênção, seja para todos que com ele forem ungidos, proteção do corpo, da alma e do espírito, libertando-os de toda dor, toda fraquesa e enfermidade. Dignai-vos abençoar para nós, ó Pai, o Vosso óleo santo, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

Bênção do Óleo do Batismo[editar | editar código-fonte]

[[Imagem:Child baptism.jpg|thumb|200px|Crinça sendo batizada após receber o Óleo do Batismo.

Após a oração depois da Comunhão, o Bispo e os concelebrantes ficam ao redor da mesa com o óleo do Batismo (ou dos Catecúmenos). O Bispo de braços abertos para o povo, diz:

Ó Deus, força e proteção do Vosso povo, que fizestes do óleo, Vossa criatura, sinal de fortaleza: dignai-Vos abençoar + este óleo, e concedei o dom da força, aos catecúmenos que com ele forem ungidos; para que, recebendo a sabedoria e virtudes divinas, compreendam mais profundamente o Evangelho do Vosso filho Jesus Cristo, sejam generosos no cumprimento dos deveres cristãos e, dignos da adoção filial, alegrem-se por terem renascido e viverem em Vossa Igreja Católica . Por Cristo, nosso Senhor.

Renovação das Promessas Sacerdotais[editar | editar código-fonte]

Terminada a Homilia, o Bispo se dirige aos sacerdotes dizendo:

Os padres, que na Missa do Crisma renovam sua promessas sacerdotais.

onde: B: Bispo; S:sacerdotes e P:povo;

B:Filhos caríssimos, celebrando a cada ano o dia o Senhor Jesus comunicou seu sacerdócio, aos Apóstolos e a nós, quereis renovar as promessas promessasque um dia fizestes perante o vosso Bispo e o povo de Deus?

S:Quero!

B:Querei-vos unir-vos e conformar-vos mais estreitamente ao Senhor Jesus, renunciando a vós mesmos e confirmando os compromissos do Sagrado Ministério que, levados pelo Amor do Cristo, assumistes em relação à Igreja, no dia de vossa ordenação sacerdotal?

S:Quero!

B:Quereis ser fiéis distribuidores dos mistérios de Deus pela missão de ensinar, pela Sagrada Eucaristia e demais celebrações litúrgicas, seguindo o Cristo Cabeça e Pastor, não levaods pela ambição dos bens materiais, mas levados pelos amor aos seres humanos?

S:Quero!

o bispo volta-se para o povo e diz: B:E vós, caríssimos filhos e filhas, rezai pelos vossos presbíteros, para que o Senhor derrame profusamente os seus dons sobre eles e, como fiéis ministros do Cristo, Sumo Sacerdote, vos conduzam àquele que é fonte da Salvação.

P:Cristo ouvi-nos. Cristo atendei-nos!

B:E orai também por mim, para que eu seja fiel à missão apóstolica, confiada à minha fraqueza, e cada dia realizemelhor entre vós a imagem viva do Cristo Sacerdote, Bom Pastor, Mestre e Servo de todos.

P:Cristo ouvi-nos. Cristo atendei-nos!

Ver Também[editar | editar código-fonte]