Mitilene

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Não confundir com a vila de Mytilinioi, na ilha de Samos.
Mitilene vista do ar
Mapa de Lesbos com Mitilene em destaque
Diagrama climático de Mitilene

Mitilene (em grego, Μυτιλήνη, Mytilíni) é a capital da ilha grega de Lesbos, uma ilha grega situada no mar Egeu, próximo à costa da Anatólia, e que pertence à prefeitura grega de Lesbos. Tem uma população de 27 242 habitantes (2001). Mitilene está ligada pela estrada GR-67 a Skala Eressou, um povoado no outro lado da ilha. Mitilene é rodeada de campos cultivados e fica a pouca distância das montanhas situadas no noroeste da ilha. O aeroporto fica alguns quilómetros a sul da cidade, estando a ela ligado por uma via rápida.

O título eclesiástico de arcebispo de Mitilene, meramente honorário de in partibus infidelium, é em geral concedido a um dos coadjutores do patriarca de Lisboa.

Mitologia[editar | editar código-fonte]

Alguns autores [Nota 1] diziam que o nome Mitilene foi dado por Myton, filho de Posidão e Mitilene.[1] Por isso, Calímaco chamava a ilha de Lesbos de Myton,[2] e Partênio chamava as mulheres de Lesbos de Mytonides.[3]

De acordo com Diodoro Sículo, o nome da cidade deriva de Mitilene, filha de Macareu,[4] filho de Crinacus, filho de Zeus;[5] Macareu havia tomado posse da ilha de Lesbos,[6] que estava desabitada desde o dilúvio de Deucalião.[7]

Personalidades ligadas a Mitilene[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

  1. O texto de Estevão de Bizâncio não diz quais eram estes autores.

Referências

  1. Estevão de Bizâncio, p.465, 7
  2. Calímaco, Livro IV, citado por Estevão de Bizâncio, p.465, 7
  3. Partênio de Niceia, Fragmento 43, citado por Estevão de Bizâncio, p.465, 7
  4. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro V, 81.7 [ael/fr][en][en]
  5. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro V, 81.6 [ael/fr][en][en]
  6. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro V, 81.5 [ael/fr][en][en]
  7. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro V, 81.3 [ael/fr][en][en]