Mitrídates II do Ponto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mitrídates II foi um rei do Ponto.

Mitrídates clamava descendência de um dos sete persas que haviam matado o Magus, e cuja família havia preservado o reino do Ponto dado a eles por Dario.[1]

Mitrídates era filho de Ariobarzanes, e tornou-se rei ainda menor, quando seu pai morreu.[2] Seu pai estava em guerra com os gauleses, e este trataram Mitrídates com desprezo, e devastaram seu reino.[2]

A cidade de Heracleia Pôntica enviou ajuda de alimento para o Reino do Ponto, e os gauleses, que já haviam lutado antes contra Heracleia, atacaram de novo, até que os seus habitantes pagaram 5.000 peças de ouro aos gauleses, e 200 peças para cada líder.[2]

Ele se casou com uma filha de Antíoco II Theos e Laódice, filha de Aqueu.[3] Esta filha de Antíoco II provavelmente se chamava Laódice.

Sua filha Laódice casou-se com Antíoco III Magno.[4] Antíoco III Magno, pronto para invadir a Celessíria, foi para Selêucia, próxima do Eufrates receber sua noiva virgem, filha de Mitrídates, trazida por Diognetus, almirante da Capadócia do Ponto.[5] Antíoco celebrou as núpcias com toda a pompa,[4] em seguida, levou a esposa para Antioquia, proclamando-a rainha.[6]

Uma outra filha, também chamada Laódice, se casou com Aqueu.[7]

Referências

  1. Políbio, Histórias, Livro V, 43.2
  2. a b c Memnon de Heracleia, Livros XIII e XIV, citado por Fócio, Biblioteca de Fócio [em linha]
  3. Eusébio de Cesareia, Crônica, 95, Os reis da Ásia Menor depois da morte de Alexandre, o Grande
  4. a b Políbio, Histórias, Livro V, 43.3
  5. Políbio, Histórias, Livro V, 43.1
  6. Políbio, Histórias, Livro V, 43.4
  7. Políbio, Histórias, Livro VIII, 20.11