Mobilidade operacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Mobilidade operacional é um conceito militar de defesa do Estado, onde o Estado estabelece uma doutrina de defesa dacional dando-lhe então o direito à soberania, sendo portanto um item importante quando se escrevem as Constituições Nacionais.

Segundo o conceito clássico a mobilidade operacional irá arregimentar todo o aparato do estado, as indústrias nacionais, e até mesmo a manufatura artesanal, em função da defesa nacional. todo o aparato será convertido em armas estratégicas para uso das forças armadas para defesa da nação. A Mobilidade operacional, portanto virá antes do conceito de Campo de batalha e Batalha, pois com base na Mobilidade operacional que os comandantes militares desenvolverão às suas estratégias, sabendo-se portanto que sem mobilidade logicamente não haverão estratégias de defesa e nem doutrinas militares.

A mobilidade operacional é anterior às batalhas e também devem dar o devido suporte logístico, durante as batalhas. Através da necessária "Mobilidade operacional de Logística", é que as diversas linhas de suprimento possibilitam a manutenção das batalhas, se essas ultrapassarem ao tempo de permanência planejado para os combates.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bundel, C.M., Col. FA, What is Strategy?, in Infantry Journal, v.34, United States Infantry Association, 1929
  • Glantz, D.M., Soviet military operational art: In pursuit of deep battle, Frank Cass, London, 1989
  • Jablonsky, David, Roots of Strategy: 4 Military Classics, Stackpole Books, 1999
  • National Research Council Staff, Reducing the Logistics Burden for the Army After Next: Doing More With Less, Committee to Perform a Technology Assessment Focused on Logistics Support Requirements for Future Army Combat Systems, National Research Council (U.S.), National Academies Press, 1999
  • Simpkin, Richard E, Deep battle: The brainchild of Marshal Tuchachevskii, Brassey's Defence Publishers, London, 1987
  • Simpkin, Richard E, Race to the Swift: Thoughts on Twenty-First Century Warfare, Brassey's, 2000
  • Stone, John, The Tank Debate: Armour and the Anglo-American Military Tradition, Routledge, 2000
  • Whitman, J. E. A., How Wars are Fought: The Principles of Strategy and Tactics, Oxford University Press, 1941
Ícone de esboço Este artigo sobre conflitos armados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.