Modelo de prova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bruna Tenório já foi manequim de prova da Dolce&Gabbana

Modelo de prova ou manequim de prova [nota 1] é a pessoa utilizada como modelo por um estilista ou fabricante de roubas para que o caimento, o corte e a aparência visual do desenho de uma roupa sejam checados em um ser humano «real», o qual deve representar a média das clientes de tal fabricante.[1] [2]

Características[editar | editar código-fonte]

Para ser selecionada como manequim de prova, a pessoa terá que ter determinados requisitos físicos específicos buscados por estilistas e fabricantes, tais como altura, circunferência de busto-cintura-quadril, braços e extensão da perna, dos ombros e uma miríade de outras medidas antropométricas requeridas pelo tipo de vestimenta a ser confeccionada.[1] O modelo de provas age efetivamente como um manequim vivo, e em geral os vários tamanhos de corte de uma roupa são testados em vários modelos de prova para verificar se os padrões correspondem fielmente aos diferentes tipos e formas encontrados no corpo humano, a fim de atingir uma gama maior de consumidores. Algumas confecções de grife no Brasil limitam sua numeração aos consumidores mais esguios, com números de vestimenta até o 44.[1]

Para além de apenas vestir a roupa para que esta seja avaliada por um perito no assunto, o modelo de provas pode ter um papel fundamental no processo de feitura do produto ao opinar sobre a aparência, o material e o caimento destes em seu corpo, dando ao designer um feedback objetivo e necessário, tendo como ponto de vista quem vai usá-lo, e confirmando (ou negando) se as intenções do designer realmente atingiram seus objetivos.

Alta-costura[editar | editar código-fonte]

Estilistas da alta-costura escolhem em geral uma única modelo, cujas medidas se encaixam perfeitamente no que demanda a indústria da moda (alta, supermagra e esbelta), para que ela seja o padrão de suas produções.[2]

Essa manequim de prova vira o modelo que a grife utiliza para finalizar sua coleção, obrigando conseqüentemente todas as outras modelos que desfilarão a coleção a ter medidas bem semelhantes às suas para que as roupas vistam bem e uniformemente.

Notas

  1. Termo originário do inglês fitting model, fit model ou ainda fitting girl.

Referências

  1. a b c Bel Moherdauí (da redação). Você é assim?. [S.l.]: Revista Veja, edição 1763, Ed. Abril Cultural, 7 de agosto de 2002. 74-75 p.
  2. a b Kirstie Clements (5 de julho de 2013). Former Vogue editor: The truth about size zero. The Guardian (em inglês). Página visitada em 19 de junho de 2014.

Ver também[editar | editar código-fonte]