Modulação por chaveamento de amplitude

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Modulação por chaveamento de amplitude, ou do inglês "Amplitude Shift Keying (ASK)", é uma técnica de modulação de sinais digitais os quais são representados como variações de amplitude da onda portadora.

Neste tipo de modulação ocorre a alteração da tensão do sinal, o que afetará diretamente a amplitude, permitindo convencionar uma determinada amplitude como dígito binário 1 e outra como dígito binário 0. Normalmente, cada amplitude é codificada num igual número de bits. O demodulador, que é criado especificamente para o padrão criado pelo modulador, determina a amplitude do sinal recebido e o reconstrói para o padrão que representa, recuperando assim os dados originais. A frequência e a fase da onda portadora são mantidas constantes.

Tal como AM, ASK é também linear e sensível ao ruído atmosférico, às distorções, etc. Tanto os processos de modulação ASK como a demodulação são relativamente pouco dispendiosos. A técnica ASK é também usualmente utilizada para transmitir sinais digitais através da fibra óptica. Para transmissores LED, o número 1 (binário) é representado por um curto pulso de luz e o 0 (zero binário) através da ausência de luz. Os transmissores laser normalmente têm uma corrente de "polarização" fixa que faz com que o transmissor emita luz de fraca intensidade. Este nível representa o 0 (zero binário), enquanto uma luz mais intensa representa o 1 (binário).