Moeda comemorativa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Moeda comemorativa é uma moeda metálica com um design peculiar, emitida para comemorar um evento, efeméride ou evocar de personalidades relevantes[1] . A maioria destas moedas foram emitidas a partir da década de 1960, mas existe numerosos exemplos de moedas comemorativas anteriores a esta data.

A grande maioria das moedas comemorativas é utilizada para fins de coleção, ainda que alguns países emitam moedas desta categoria para circulação legal quotidiana. Um vasto número de moedas temáticas são regularmente emitidas, destacando monumentos, lugares ou personalidades histórias, espécies ameaçados, etc.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Existem três tipos de moeda[2] :

  • Moeda corrente: destina-se à utilização diária, sendo emitida com a mesma conceção por vários anos. Por exemplo as moedas de euro ou as moedas de real.
  • Moeda comemorativa: destina-se à utilização diária, sendo a sua conceção emitida apenas por um período limitido. O seu propósito é o de atrair uma certa atenção a um data ou evento específico ou, ainda, a uma pessoa. Por exemplo, a moeda comemorativa de 2 euros.
  • Moeda de coleção: destina-se ao colecionismo. Todavia, estas moedas podem, em teoria, ser utilizadas para comprar bens e serviços. São, muitas vezes, produzidas em ouro ou prata e, às vezes, acabadas em proof (cujo seu valor real é superior ao valor facial).

Referências

  1. Moedas comemorativas destinadas à circulação (em português) Banco de Portugal. Página visitada em 16 de novembro de 2011.
  2. Moedas de euro (em português) Banco de Portugal. Página visitada em 16 de novembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Moeda comemorativa
Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.