Mohammed al-Ifrani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mohammed al-Ifrani
Nascimento 1669 ou 1670
Morte
1743, 1744 ou 1745
Nacionalidade  Marrocos
Ocupação historiador
Principais trabalhos História da Dinastia Saadiana

Mohammed al-Ifrani, também grafado Mohamed el Saghir el Ifrini, Muhammad Al Saghir Al Ifrani, Wafrani, el Oufrani ou Eloufrani (Marraquexe, 1669/1670 — 1743~1745) foi um erudito e historiador marroquino, conhecido sobretudo por ter escrito o Safwat man intashar, uma compilação de biografias de santos marroquinos do século XVII e Nozhet-el hadi bi akhbar moulouk el-Karn el-Hadi, a história da Dinastia Saadiana. Outras obras suas são, por exemplo, a história de várias dinastinas africanas, nomeadamente a dos impérios Songhai e do Gana e a biografia de Ibn Sahl de Sevilha, um dos maiores poetas do Al Andalus, que viveu no século XIII.

Pouco se sabe da sua vida. Nasceu em Marraquexe e estudou em Fez. É provável que tenha tido um cargo na corte do sultão alauita Mulay Ismail. Foi imã e khatib (aquele que faz o sermão (khutba) de sexta-feira (Salat al-djuma) da madraçal de Ben Youssef. Algumas das suas não chegaram até aos nossos dias.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Stearns, Peter N.. The Encyclopedia of World History (em inglês). [S.l.: s.n.]. p. 365.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Al Ifrani, Muhammad Al Saghir. , Safwat mani Intashar (biographies of 16th century saints) (em inglês). [S.l.]: Ketabooks, 2004.
  • Benachir, Bouazza. Négritudes du Maroc et du Maghreb (em francês). [S.l.]: L'Harmattan, 2001. 390 pp. ISBN 9782747505093


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.