Moinho de Holambra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Moinho de Holambra

O Moinho de Holambra é um moinho de vento construído na tradição holandesa, considerado o maior moinho da América Latina (o segundo maior está localizado em Castrolanda, no Paraná), sendo um dos principais pontos turísticos do município de Holambra, em São Paulo.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O moinho de Holambra foi construído durante 20 meses sob a supervisão direta do arquiteto holandês Jan Heijdra, responsável pelo projeto e um dos poucos especialistas do mundo na construção de moinhos. Durante a construção, Jan Heijdra, então com 82 anos e residindo na Holanda, onde já construiu e reformou aproximadamente 400 moinhos, esteve várias vezes no Brasil exclusivamente para coordenar o projeto.

Foi inaugurado em 12 de julho de 2008, durante a programação comemorativa aos 60 anos de imigração holandesa em Holambra, que recebeu os primeiros imigrantes vindos da Holanda na antiga fazenda Ribeirão em julho de 1948.

Características[editar | editar código-fonte]

Cópia fiel dos tradicionais e famosos moinhos holandeses, o moinho de Holambra tem 38,5 metros de altura e funciona exatamente como na Holanda, pela força dos ventos e moendo grãos. Cada pá mede 12 metros de comprimento, com a geração de uma tração motora de 60 cavalos-força, o suficiente para movimentar duas pedras de basalto de lava com o peso de uma tonelada cada.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]