Mojuí dos Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Mojuí dos Campos
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 1914 (100 anos)
Emancipação 1 de janeiro de 2013 (1 ano)
Gentílico mojuíense
Prefeito(a) Jailson Alves da Costa (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Mojuí dos Campos
Localização de Mojuí dos Campos no Pará
Mojuí dos Campos está localizado em: Brasil
Mojuí dos Campos
Localização de Mojuí dos Campos no Brasil
2° 41' 5" S 54° 38' 35" O2° 41' 5" S 54° 38' 35" O
Unidade federativa Pará Pará
Mesorregião Mesorregião do Baixo Amazonas
Microrregião Microrregião de Santarém
Região metropolitana Santarém
Municípios limítrofes Santarém, Prainha Alenquer, Belterra, Uruará
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área Não disponível
População 15 341 hab. IBGE/2014[1]
Densidade hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Página oficial

Mojuí dos Campos é um município brasileiro do estado do Pará. Até 31 de dezembro de 2012, foi um distrito do município de Santarém, ascendendo à categoria de município com a posse de seu primeiro prefeito em 1º de janeiro de 2013.

Em dois plebiscitos realizados nos anos de 1995 e 1999, mais de 84% da população de Mojuí dos Campos e de Santarém votaram a favor da emancipação. A sociedade local se mobilizou fortemente para estes plebiscitos, tanto que a votação a favor da emancipação foi expressiva. Entretanto, somente em 29 de maio de 2009 foi que o TSE aprovou o plebiscito mais recente, de 1999, depois que a Procuradoria-Geral Eleitoral emitiu parecer favorável, assinado vice-procurador geral eleitoral, Francisco Xavier Pinheiro Filho.[2] Embora tenha sido aprovado o plebiscito, distrito continuou sob a jurisdição de Santarém até que as eleições foram consumadas, em outubro de 2012, e a posse do novo prefeito em 1ª de janeiro de 2013.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A origem do nome da vila deu-se pelo fato de que nos primórdios dos anos da década de 1910 as primeiras famílias que aqui chegaram encontraram pequenas áreas cobertas de capins que na época eram conhecidos por Mojuí. Assim podemos denominar de “Mojuí dos Campos” ou “Capim dos Campos”.

Não se pode precisar o tempo certo em que se deu início desta vila, porém os pioneiros deste vale foram os imigrantes nordestinos cearenses, que chegaram por volta de 1914: José Bezerra, Benedito, José e Manuel Viana.

Depois destas, outras famílias foram chegando: José Alves da Frota ,Cipriano, Manuel Barros, Teófilo Bezerra, João Cândido e Domingos Viana. Já na década de 1950, devido a decadência econômica do Nordeste, seca, e conflitos familiares e políticos nas terras no sertão, fora vinda de diversas famílias proporcionando ao pequeno povoado o seu maior progresso e desenvolvimento. Entre tantas, destacamos as pessoas de Antônio Walfredo Pessoa, Maria Walfredo Fernandes e Júlio Walfredo Ponte.

As primeiras famílias enfrentaram grandes dificuldades pelas precárias condições em que o local oferecia, por isso muitos que aqui chegaram, morreram vítimas de uma forte febre causada pela malária. Registra-se em 1950 um antigo cemitério num mangueiral.

Com a chegada de 50 famílias em 1952, o núcleo de Mojuí dos Campos passou por um grande progresso populacional. Muitas famílias em busca de terras para trabalhar, foram se localizando nas mediações próximas ao povoado nascendo as primeiras colônias agrícolas de trabalhadores tipicamente nordestinos: Bom Gosto, Palhal, Boeira, Boa Fé, Poço Verde, São Tomé, Baixa D’Água, entre tantas outras.

Em 1964 o povoado de Mojuí dos Campos é elevado a categoria de Vila pela Lei Estadual 3.227 de 31 de dezembro, assinado pelo Governador do Estado Coronel Jarbas Passarinho.

Em 2005, integrantes pela emancipação de Mojuí dos Campos estiveram em Brasília para debater a separação do Santarém.[4]

Desde o desmembramento, as eleições municipais que iriam realizar no distrito para decidir o primeiro prefeito em 2008, não ocorrem, já que foram realizadas em Santarém. Uma nova data foi marcada em 2009, mas foi adiada. Em 2012, o município teve a primeira eleição, que definiu o seu primeiro corpo administrativo e legislativo.[5]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

As bacias dos rios Moju, Mojuí são tributárias da bacia do rio Curuá-Una e formam juntas toda a malha hídrica existente na chamada "Região do Planalto", composta por inúmeros igarapés e rios de pequeno porte, todos convergentes para o rio central, o Curuá-Una. Juntas perfazem um total aproximado de 9.986 km², ou cerca de 37,65% de todo o município, ocupando a porção leste da região.

A bacia do Curuá-Una, no extremo oriental, tem uma superfície aproximada de 4.055 km², representando cerca de 15% de todo o espaço municipal. O rio Curuá-Una, afluente da margem direita do Amazonas, é o principal curso d"água.

A bacia hidrográfica do Moju situa-se na porção centro-sul do município, entre as bacias do Curuá-Una e do Mojuí. Ocupa uma superfície aproximada de 3.325 km², ou cerca de 12,50% de todo o espaço municipal. O rio Moju, afluente da margem esquerda do Curuá-Una, é o principal curso d"água.A bacia do Mojuí está situada na porção central da região circundada pelas bacias do Tapajós, Amazonas, Curuá-Una e Moju. Ocupa uma superfície com cerca de 2.605 km², ou 9,80% do espaço municipal. O rio Mojuí, afluente do Moju, é o principal curso d"água.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transporte[editar | editar código-fonte]

A única ligação da cidade é com a PA-431, que liga Mojuí dos Campos a BR-163, na comunidade de São José, e Mojuí dos Campos - PA-370, na comunidade de Garrafão, além dos ramais que vão pras outras comunidades. Do Mojuí dos Campos até o São José (a 20 km de Santarém) são 14 km. Já Mojuí dos Campos até o km 31 da PA-370 são 10 km.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Mídia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

A cidade recebe sinais de TVs de Santarém, porém existem emissoras no próprio município:

f

Rádio[editar | editar código-fonte]

A cidade recebe sinais de rádios de Santarém, porém existem emissoras no próprio município:

  • Rádio Santarém AM (890 kHz)

Referências

  1. Estimativa populacional 2014 IBGE Estimativa populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2014). Visitado em 29 de agosto de 2014.
  2. TSE aprova referendo e Mojuí dos Campos virá município NoTapajós.
  3. TRE suspende eleições de Mojuí dos Campos JusBrasil.
  4. Política - Criação do município de Mojuí dos Campos debatida na 94 FM (em português) No Tapajós (15-12-2005). Visitado em 01-01-2010.
  5. TRE cancela eleição para Mojuí dos Campos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]