Molalidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Molalidade ou concentração molal é a relação entre o número de mol do soluto (n_1) e a massa do solvente (m_2), em quilogramas (kg) (não pode ser expressa em outra unidade).

M = \frac{n_1}{m_2}

Sendo: M = molalidade ou concentração molal n_1 = número de mols do soluto m_2 = massa do solvente em quilogramas. A unidade mol/kg é usualmente denotada pela palavra "molal" (exemplo: 0,5 mol/kg ou 0,5 molal). Não deve ser confundida com molaridade, que é a relação entre o número de mols do soluto e o volume total da soulução, geralmente expressa em mols por litro (mol/L).

Exemplo de cálculo[editar | editar código-fonte]

Uma solução é preparada dissolvendo-se 4,250 g de NaNO3 em 2000 g de água. Qual a molalidade da solução? (Dado: Na = 23 u; N = 14; O = 16)

Reunindo os dados, e chamando de m_1 a massa do soluto e Mol a massa molar do soluto, temos que:

m_1 = 4,25 g m_2 = 2000 g = 2kg

A massa molar do NaNO3 é soma das massas molares dos elementos, ou seja: Mol = 23 + 14 + 16 + 16 + 16 = 85 \quad g/mol \quad ou \quad 85 g \quad mol^{-1}

A partir daí, podemos calcular então o número de mol do soluto:

n_1 = \frac{m_1}{Mol} = \frac{4,25 \quad  g}{85 g \quad mol^{-1}} = 0,050 \quad  mol

Aplicando a fórmula da molalidade, temos:

M = \frac{0,050 \quad mol }{2 \quad kg} = \frac{0,025 \quad mol}{kg} = 0,025 \quad  mol/kg