Monique Hennagan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monique Hennagan
campeã olímpica
Atletismo
Modalidade 400 m
Nascimento 26 de maio de 1976 (38 anos)
Colúmbia, EUA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americana
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Sydney 2000 4x400 m
Ouro Atenas 2004 4x400 m

Monique Hennagan (Colúmbia, 26 de maio de 1976) é uma ex-atleta velocista e campeã olímpica norte-americana.

Especializada nos 400 m, foi bicampeã olímpica integrando o revezamento 4x400 m feminino dos Estados Unidos em Sydney 2000, com Marion Jones, Jearl Miles Clark e LaTasha Colander [1] e em Atenas 2004 com Sanya Richards, DeeDee Trotter e Monique Henderson.[2]

Atribulações[editar | editar código-fonte]

Desde que conquistou suas medalhas, porém, Hennagan tem passado por atribulações para manter-se como campeã olímpica, devido a problemas ocorridos com outras atletas dos revezamentos que integrou. Em 2007, Marion Jones confessou o uso de substâncias proibidas durante os Jogos de Sydney, em 2000, e teve suas medalhas confiscadas.[3] Suas companheiras de revezamento também foram obrigadas a devolver suas medalhas. Somente três anos depois, em julho de 2010, após um apelo e julgamento perante o Conselho Arbitral de Esportes do COI, as demais integrantes do revezamento de Sydney tiveram o direito de manter suas medalhas.[4]

No mesmo ano desta decisão do Conselho, a corredora Crystal Cox, que integrou como reserva e correu as eliminatórias do revezamento campeão em Atenas 2004, também confessou ter usado de esteróides anabolizantes entre 2001 e 2004, inclusos os Jogos de Atenas. A confissão fez com que a medalha de Cox - as reservas também são medalhadas - fosse imediatamente retirada, ela suspensa por quatro anos [5] e a IAAF recomendou ao Comitê Olímpico Internacional que também retome as medalhas de todas as demais integrantes - Hannegan, Richards, Trotter, Henderson e a outra reseva Moushaumi Robinson - daquele revezamento e as passe para as medalhistas de prata naquela prova, a equipe da Rússia.[6] Até o início dos Jogos de Londres 2012, nenhuma decisão ainda havia sido tomada, e Hannagan, que perdeu e recuperou a primeira, corre o risco de perder também a segunda.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]