Monismo neutral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O monismo neutral, em filosofia, é uma visão metafísica que invoca que o mental e o físico são duas formas de organizar e descrever os mesmos elementos, que são eles próprios "neutros", ou seja, nem físicos nem mentais. Esta visão nega que o mental e o físico sejam duas coisas fundamentalmente diferentes. Ao invés, o monismo neutral afirma que o universo consiste apenas num tipo de coisa, na forma de elementos neutros que não são mentais nem físicos. Esses elementos neutros podem ter as propriedades de cor e forma, tal como as experimentamos. Mas esses elementos com forma e coloridos não existem numa mente; eles existem por si próprios.

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.