Monochrome Display Adapter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vídeo de fósforo verde num IBM-PC, conectado a uma placa MDA.

O MDA (Adaptador de Vídeo Monocromático), placa MDA ou Monochrome Display and Printer Adapter (MDPA) foi introduzido em 1981 pela IBM como placa padrão de vídeo para o PC. O MDA não possuía qualquer espécie de modo gráfico; ele apresentava apenas um modo texto monocromático (PC video mode 7), o qual podia exibir 80 colunas por 25 linhas de caracteres em alta resolução.

Características[editar | editar código-fonte]

A placa padrão IBM MDA continha 4 Kb de memória de vídeo. A precisão dos caracteres em alta resolução dos MDAs era uma característica pensada para facilitar o uso corporativo e em edição de textos. Cada caractere era desenhado numa caixa de 9×14 pixéis, dos quais 7×11 constituíam o caractere em si (os outros pixels eram usados para o espaço entre as colunas e linhas do caractere).

O MDA apresentava os seguintes atributos de vídeo: invisível, sublinhado, normal, brilhante (negrito), vídeo invertido e piscante; alguns destes atributos podiam ser combinados, por exemplo, texto em negrito, sublinhado podia ser produzido.

 
Atributo Representação
Invisível Invisível
Normal Normal
Sublinhado Sublinhado
Brilhante Brilhante
Brilhante sublinhado Brilhante sublinhado
Vídeo invertido Vídeo invertido
Invisível invertido Invisível invertido

A resolução total teórica de tela do MDA era de 720×350 pixéis. Este número é obtido multiplicando-se a largura de um caractere (9 pixéis) pelas colunas de texto (80), e a altura de um caractere (14 pixéis) pelas linhas de texto (25). Todavia, o MDA não podia endereçar pontos individuais; ele só podia trabalhar em modo texto, limitando a escolha a exibição de padrões de 256 caracteres. Seu conjunto de caracteres é conhecido como código de página 437. Os padrões de caracteres eram armazenados em ROM na placa, e assim não podiam ser alterados por software. O único modo de produzir conteúdos de tela "gráficos" era através de arte ANSI.

O MDA original da IBM incluía uma porta paralela de impressora (daí seu nome original de "Monochrome Display and Printer Adapter"), evitando assim a necessidade de uma interface paralela separada em computadores munidos de uma MDA.

Especificações[editar | editar código-fonte]

Conector[editar | editar código-fonte]

Números dos pinos (olhando para o soquete):

DE9 Diagram.svg

Pinagem1
Pino Função
1 Terra
2 Terra
3 Desconectado
4 Desconectado
5 Desconectado
6 Intensidade
7 Vídeo
8 Sinc. Horizontal
9 Sinc. Vertical

Sinal[editar | editar código-fonte]

Tipo Digital, TTL
Resolução 720h × 350v
Freq.-H 18,432kHz
Freq.-V 50Hz
Cores 2-42

Adaptadores concorrentes[editar | editar código-fonte]

Existiam dois adaptadores concorrentes disponíveis, facilmente encontráveis:

  • Para utilizadores de PCs que necessitassem de gráficos em bitmap e/ou cores, a IBM oferecia seu Adaptador Gráfico Colorido (também conhecido como CGA), lançado na mesma época do MDA. O CGA era originalmente mais caro e projectado para ser uma solução de alto nível; todavia, a baixa resolução de seus caracteres em modo texto (se comparados com o MDA) fizeram com que as placas CGA se tornassem menos atraentes para fins corporativos.
  • Introduzida em 1982, a Hercules Graphics Card (também conhecida como HGC) não era produzida pela IBM, e oferecia tanto o modo texto em alta resolução do MDA quanto um modo gráfico monocromático. Ela podia endereçar pixéis individuais e exibir uma imagem em preto e branco de 720×348 pontos. Esta resolução era melhor do que a mais alta resolução monocromática que uma placa CGA poderia oferecer. Assim, mesmo sem qualquer capacidade de exibir cores, a placa Hércules oferecia gráficos monocromáticos sem sacrificar a qualidade do modo texto equivalente ao MDA, o que sem dúvida foi uma opção bem atraente para muitos.

Referências

  1. IBM Personal Computer Hardware Library: Technical Reference (Edição revista, 1983)
  2. Eram possíveis quatro combinações de valores para os pinos de Intensidade e Vídeo, mas nem todos os monitores as exibiam como níveis distintos de intensidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]