Monograma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Exemplo de um monograma das letras M e T.
Monograma da Companhia Neerlandesa das Índias Orientais (Vereenigde Oost-Indische Compagnie), Anteriormente situado acima da entrada do Castelo da Boa Esperança na África do Sul.

Monograma é a sobreposição, agrupamento ou combinação de duas ou mais letras ou outros elementos gráficos para formar um símbolo. Monogramas frequentemente são construídos combinando as letras iniciais do nome de uma pessoa ou empresa e podem ser usados como símbolos ou logos.

Pode ser a representação de um som por uma letra. Por exemplo: a nota é representada em uma cifra pela letra C. Essa letra é um monograma.

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que os primeiros monogramas foram usados em moedas, por volta de 350AC. Os primeiros exemplos conhecidos são os gregos que escreviam o nome das cidades nas moedas, muitas vezes as duas primeiras letras do nome da cidade. Monogramas eram usados ​​como assinaturas de artistas e artesãos em pinturas, esculturas e peças de mobiliário, especialmente quando as guildas aplicavam medidas contra a participação não autorizado no comércio.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Monograma
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.