Mononobe no Moriya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mononobe no Moriya
Mononobe no Moriya
Ōmuraji
Vida
Morte 587
linkWP:PPO#Japão

Mononobe no Moriya ( 物部守屋? , morreu 587) foi um Ōmuraji , uma das posições mais importantes do antigo estado Yamato , tendo herdado a posição de seu pai Mononobe no Okoshi . Como seu pai, ele era um oponente do Budismo , que tinha sido recentemente introduzido no Japão a partir do estado Coreano de Baekje [1] .

Ao lado Nakatomi no Katsumi, Moriya trabalhou para neutralizar os esforços de Soga no Umako , outro alto escalão nobre que apoiou a adoção do budismo. Embora Mononobe e Nakatomi tivessem um breve sucesso sob o reinado do Imperador Bidatsu (572-585), [2] seu sucessor, o Imperador Yōmei , tornou-se budista e assim a sorte de Mononobe virou [3] .

Após a morte do Imperador Yōmei em 587, a disputa entre os Clãs Mononobe e Soga cresceu, cada um procurando influenciar a sucessão. A disputa rapidamente estourou prontamente em batalha.Mononobe no Moriya foi responsabilizado de ter incendiando os primeiros templos budistas no Japão, e de atirar as primeiras imagens de Buda, vindas de Baekje, nos canais da cidade de Naniwa (atual Osaka). O conflito culminou na Batalha de Shigisan. Nesta, os Soga foram vitoriosos, e Mononobe no Moriya foi morto, junto com Nakatomi no Katsumi e do jovem príncipe que buscava o trono [1] .


Referências

  1. a b Jien, The Future and the Past: A Translation and Study of the Gukanshō, an Interpretative History of Japan Written in 1219 (em inglês), University of California Press, 1979 pp. 262-263 ISBN 9780520034600.
  2. Richard John Bowring The religious traditions of Japan, 500-1600 (em inglês) Cambridge University Press, Cambridge 2005, pag. 16–17. ISBN 9780521851190
  3. Sir George Bailey Sansom A History of Japan to 1334 (em inglês) Stanford University Press, 1958 pp. 49-50 ISBN 9780804705233