Monsieur Verdoux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monsieur Verdox
O Barba Azul (PT)
Barba Azul (BR)
 Reino Unido
1947 • p&b • 124 min 
Direção Charles Chaplin
Roteiro Charles Chaplin
Orson Welles (ideia)
Elenco Charles Chaplin
Mady Corell
Género comédia, drama, crime
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Monsieur Verdoux (em Portugal intitulado O Barba Azul) é um filme de 1947 do gênero Comédia de Humor Negro, dirigido e protagonizado por Charlie Chaplin. O filme faz uma crítica severa e polêmica ao capitalismo e ao militarismo, associando seus mentores à assassinos comuns e considerando-os piores do que estes.

O enredo do filme inspira-se nos fatos reais da história do assassino em série Henri Désiré Landru, sentenciado à morte em 21 de novembro de 1921 e executado na guilhotina em 25 de fevereiro de 1922.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em fins dos anos 20 do século XX, Henri Verdoux, um bancário francês que ficou desempregado após 35 anos de trabalho, desenvolve uma personalidade maníaca e começa a cometer assassinatos em série: suas vítimas são sempre mulheres de meia-idade, sozinhas e com algum tipo de propriedade ou renda. Assim que convence as mulheres a sacarem o dinheiro do banco (ele sempre alega que está por vir uma crise econômica) Verdoux as elimina, vende as propriedades e rouba o dinheiro. A maior parte do dinheiro roubado ele investe no mercado de ações, que está em crise, mas ele acredita que é a melhor hora para investir.

Viajando de cidade em cidade à procura de vítimas ou fugindo, ele mal tem tempo de visitar sua família verdadeira: uma esposa paralítica e um filho pequeno. A família de sua última vítima chama a polícia, quando a mulher deixa de dar notícias. Com mais esse caso de mulher desaparecida, os policiais começam a suspeitar que estejam lidando com um assassino em série (ou assassino em massa, como é dito no filme), um novo "Barba Azul".

Além das suspeitas policiais, as coisas começam a piorar para Verdoux quando ele não consegue assassinar sua segunda esposa (ele é bígamo), uma mulher que tem uma sorte terrível (ganhou seu dinheiro na loteria) e que consegue escapar de todas as tentativas de assassinato de seu "marido".

No final, Verdoux acaba sendo preso e levado a julgamento, sendo condenado a morte. Antes de morrer, Verdoux faz um emocionante discurso afirmando que a guerra matou e foi mais cruel que ele. O filme termina mostrando Verdoux sendo levado a área de execução.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos Oscar

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A abertura do filme diz que o roteiro é baseado em uma ideia de Orson Welles.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]