Monster (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monster
Monstro (PT)
Monster - Desejo Assassino (BR)
 Estados Unidos  Alemanha
2003 • cor • 109 min 
Direção Patty Jenkins
Produção Charlize Theron
Mark Damon
Clark Peterson
Donald Kushner
Brad Wyman
Roteiro Patty Jenkins
Elenco Charlize Theron
Christina Ricci
Gênero drama biográfico
Idioma inglês
Música Brian Transeau
Cinematografia Steven Bernstein
Edição Arthur Coburn
Jane Kurson
Estúdio DEJ Productions
Distribuição Media 8 Entertainment
Newmarket Films
Lançamento Estados Unidos 30 de janeiro de 2004
Portugal 26 de fevereiro de 2004
Alemanha 15 de abril de 2004
Brasil 18 de junho de 2004
Orçamento US$ 8 milhões
Receita US$ 60,378,584
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Monster (br: Monster - Desejo Assassino / pt: Monstro) é um filme norte americano de 2003 dirigido e escrito por Patty Jenkins e estrelado por Charlize Theron e Christina Ricci. O filme conta a história de Aileen Wuornos, uma ex-prostituta que foi executada em 2002 pela morte de sete homens no final da década de 1980 e início da década de 1990. Theron viveu Wuornos e sua namorada foi vivida por Ricci. A amante de Wuornos se chama Tyria Moore, mas seu nome foi mudado para Selby Wall no filme por questões legais.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Após se mudar para a Flórida, Aileen Wuornos (Charlize Theron), uma prostituta, conhece Selby Wall (Christina Ricci) em um bar. As duas logo se sentem atraídas, e acabam indo morar juntas em um hotel.

Após ter sido quase estuprada por um homem de nome John, Wuornos o assassina e decide desistir da prostituição. Wuornos e Wall não conseguem se sustentar e, apesar de estar empenhada na busca por um trabalho legítimo, Wuornos não consegue achar emprego, pois tem pouca instrução e tem um temperamento horrível. Desesperada por dinheiro e ressentida dos homens que a utilizam por sexo, ela volta a trabalhar como prostituta, mas apenas para roubar e assassinar premeditadamente seus clientes, cada um de uma maneira mais brutal do que os outros. O último homem que mata na verdade estava oferecendo-lhe carona, sem saber que era uma prostituta.

Wuornos é presa e conversa com Selby uma última vez na cadeia pelo telefone. Wuornos percebe que Selby está com a polícia. Para proteger sua namorada, Wuornos diz que cometeu os assassinatos sozinha. Durante seu julgamento, Selby testemunha contra ela e Wuornos é condenada à pena de morte.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Charlize Theron, intérprete de Aileen Wuornos no filme


Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Por seu trabalho em Monster, Theron recebeu vários prêmios de melhor atriz, incluindo o Oscar, o SAG, o Globo de Ouro e o Urso de Prata no Festival de Berlim. Theron também foi indicada ao prémio BAFTA e o filme foi indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Theron precisou ganhar cerca de treze quilos e meio, usar uma prótese dentária e raspar as sobrancelhas para viver Wuornos, enquanto Ricci precisou ganhar cinco quilos para viver Wall.
  • Theron se preparou para viver Wuornos assistindo ao documentário de 1992 Aileen Wuornos: The Selling of a Serial Killer de Nick Broomfield. Ela disse ter assistido a cenas do documentário durante as filmagens.
  • Aileen Wuornos, conhecida por ter sido uma pessoa pouco cooperativa, deu à Jenkins accesso a centenas de cartas que havia escrito.
  • A palavra "fuck" e suas variantes são ditas 189 vezes durante o filme.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]