Monster (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monster
Monstro (PT)
Monster - Desejo Assassino (BR)
 Estados Unidos  Alemanha
2003 • cor • 109 min 
Direção Patty Jenkins
Produção Charlize Theron
Mark Damon
Clark Peterson
Donald Kushner
Brad Wyman
Roteiro Patty Jenkins
Elenco Charlize Theron
Christina Ricci
Gênero drama biográfico
Idioma inglês
Música Brian Transeau
Cinematografia Steven Bernstein
Edição Arthur Coburn
Jane Kurson
Estúdio DEJ Productions
Distribuição Media 8 Entertainment
Newmarket Films
Lançamento Estados Unidos 30 de janeiro de 2004
Portugal 26 de fevereiro de 2004
Alemanha 15 de abril de 2004
Brasil 18 de junho de 2004
Orçamento US$ 8 milhões
Receita US$ 60,378,584
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Monster (br: Monster - Desejo Assassino / pt: Monstro) é um filme norte americano de 2003 dirigido e escrito por Patty Jenkins e estrelado por Charlize Theron e Christina Ricci. O filme é baseado na história de Aileen Wuornos, uma ex-prostituta que foi executada em 2002 pela morte de sete homens no final da década de 1980 e início da década de 1990. Theron viveu Wuornos e sua namorada foi vivida por Ricci. A amante de Wuornos se chama Tyria Moore, mas seu nome foi mudado para Selby Wall no filme por questões legais.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Após se mudar para a Flórida, Aileen Wuornos (Charlize Theron), uma prostituta, conhece Selby Wall (Christina Ricci) em um bar. As duas logo se sentem atraídas, e acabam indo morar juntas em um hotel.

Após ter sido estuprada por um cliente de nome John, Aileen consegue se desprender e o mata para se salvar. Depois disso, decide abandonar a prostituição e buscar um emprego "de verdade", já que está decidida a viver com Selby e dar a ela uma vida confortável. Entretanto, Aileen não consegue trabalho, já que está desde os 13 anos nas ruas e não teve a oportunidade de receber qualquer tipo de formação. Desesperada por dinheiro para poder cumprir as promessas realizadas a Selby, primeira pessoa que ela realmente ama, ela volta a trabalhar nas ruas, mas agora na posição de vingadora de todo sofrimento que passara desde que era estuprada recorrentemente por um amigo de seu pai, aos 8 anos, até sua realidade atual de prostituta constantemente violentada por homens de nenhum valor moral. Aileen entra no carro de seus clientes movida pelo desejo de viver feliz ao lado de sua namorada e pela ânsia de vingar-se daqueles que sempre a violentaram.

Depois de uma série de assassinatos, a polícia chega ao retrato falado de Selby e Aileen, possíveis culpadas pela morte de sete homens. Selby volta para a casa de seus pais, enquanto Aileen é presa. Ao conversar com Selby pelo telefone da prisão, Aileen percebe que sua amada na verdade está com a polícia ao seu lado durante a ligação, e protege-a de qualquer culpa, sendo condenada à morte.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Charlize Theron, intérprete de Aileen Wuornos no filme

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Por seu trabalho em Monster, Theron recebeu vários prêmios de melhor atriz, incluindo o Oscar, o SAG, o Globo de Ouro e o Urso de Prata no Festival de Berlim. Theron também foi indicada ao prémio BAFTA e o filme foi indicado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Theron precisou ganhar cerca de treze quilos e meio, usar uma prótese dentária e raspar as sobrancelhas para viver Wuornos, enquanto Ricci precisou ganhar cinco quilos para viver Wall.
  • Theron se preparou para viver Wuornos assistindo ao documentário de 1992 Aileen Wuornos: The Selling of a Serial Killer de Nick Broomfield. Ela disse ter assistido a cenas do documentário durante as filmagens.
  • Aileen Wuornos, conhecida por ter sido uma pessoa pouco cooperativa, deu à Jenkins acesso a centenas de cartas que havia escrito.
  • A palavra "fuck" e suas variantes são ditas 189 vezes durante o filme.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]