Monte Alegre de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Monte Alegre de Goiás
"Monte Alegre de Açucar"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 12 de Outubro
Fundação 1947
Gentílico monte-alegrense
Prefeito(a) Arlon Fulgencio Taveira (PTC)
(2013–2016)
Localização
Localização de Monte Alegre de Goiás
Localização de Monte Alegre de Goiás em Goiás
Monte Alegre de Goiás está localizado em: Brasil
Monte Alegre de Goiás
Localização de Monte Alegre de Goiás no Brasil
13° 15' 21" S 46° 54' 03" O13° 15' 21" S 46° 54' 03" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Norte Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Chapada dos Veadeiros IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Cavalcante, Campos Belos, Teresina de Goiás, Divinópolis de Goiás, Nova Roma e Arraias(TO)
Distância até a capital 680 km
Características geográficas
Área Não disponível
População Não disponível
Densidade hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,625 médio PNUD/2000 [2]
PIB R$ 45 173,918 mil IBGE/2008[3]
PIB per capita R$ 6 089,77 IBGE/2008[3]
Página oficial

Monte Alegre de Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás.

História[editar | editar código-fonte]

Até 1905, o districto de Chapéu, antigo nome de Monte Alegre de Goiás, pertencia ao Termo de Arrayas. Em 1906, o Distrito foi elevado à Vila por meio da Lei nº 271, de 4 de julho de 1906[4] , sancionada pelo presidente do Estado de Goyaz, Miguel da Rocha Lima, que possui a seguinte redação: "Faço saber que o Congresso decretou e eu sanciono a seguinte lei: Art. 1º - Fica elevado à categoria de villa, com a mesma denominação, o arraial do Chapéu, que constituirá um municipio com o districto de Campos Bellos."

Apesar de o IBGE informar que o Chapéu foi elevado à categoria de Município em 1947, o Semanário Official publicou em 5 de outubro de 1906[5] , cópia da Ata de instalação do município, cujo trecho segue transcrito, respeitada a grafia original:

"Paço do Conselho Provisório do Município do Chapeo, em 7 de agosto de 1906. Exmo. Sr. coronel Miguel da Rocha Lima, Presidente do Estado. O Conselho abaixo assinado tem a honra de remetter a v. exa. a copia da acta de installação deste municipio, que teve logar no dia de hoje, em sessão solemne. (...) O sr. Presidente, com a palavra, fundamentou o motivo desta sessão e depois de serem lidos a lei n. 271, de 4 de julho próximo findo e o decreto n. 1704 de 16 do mesmo mez, o sr. presidente levantou-se e pronunciou as seguintes palavras: "Está installado o municipio do Chapéu", depois de que levantou a sessão por 15 minutos, para a confecção desta ata."

A Ata é assinada pelo presidente do Conselho, Paulo Ignacio de Macedo, tendo como secretário, Francisco Antonio de Oliveira.

A frase a seguir não foi modificada em respeito ao seu criador e às informações constantes no site do IBGE.

A cidade foi elevado à categoria de município com a denominação de Chapéu em 1947 sendo renomeado em 1953 para a denominação atual.[6]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Sua população estimada em 2013 é de 8.166 habitantes. Localizado na região nordeste do estado de Goiás, pertencendo a suas terra à microrregião denominada Chapada dos Veadeiros. Limita-se ao norte com o município de Arraias-To e Campos Belos de Goiás, ao sul com São Domingos e Nova Roma,ao leste com Divinópolis de Goiás e ao oeste com Cavalcante.

Clima[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima registrada em Monte Alegre de Goiás foi de 4,5 ºC, ocorrida no dia 9 de julho de 1972, enquanto que a máxima foi de 39,6 ºC, observada no dia 25 de outubro de 2012. O maior acumulado de chuva registrado na cidade em 24 horas foi de 157,0 mm, em 2 de março de 1976.[7]

Diversos[editar | editar código-fonte]

Em Monte Alegre tem muita festa a mais conhecida Reinado da Cachaça, tem muita popularidade e acontece em julho tendo seu rei e rainha.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  3. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  4. GOVERNO do Estado de Goyas. Lei n. 271, de 4 de julho de 1906. Goyaz, Semanario Official, anno VIII, n. 344, 6 jul. 1906.
  5. GOVERNO do Estado de Goyaz. Semanario Official, Goyaz, anno VIII. n. 357, p. 5, 5 out. 1906.
  6. IBGE - cidades@ - Histórico - MONTE ALEGRE DE GOIAS (go) ibge.gov.br (2012). Visitado em 2 de junho de 2012.
  7. Sistema de Monitoramento Agrometeorológico (Agritempo). Dados Meteorológicos - Goiás. Visitado em 12 de julho de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.