Monte Argeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monte Argeu (Erciyes Dağı)
O Monte Argeu visto de oeste, desde a zona de Göreme.
Coordenadas 38° 31' N 35° 28' E
Altitude 3 916 m
Localização  Turquia, Capadócia
Última erupção 6 880 a.C. ± 40 anos; 253 a.C.?
Primeira ascensão 1837 por William John Hamilton
O Monte Erciyes visto de ocidente, com a paisagem da Capadócia em primeiro plano.

O Monte Argeu (do grego Ἀργαῖος e latim Argaeus), em turco: Erciyes Dağı (Monte Erciyes), é um estratovulcão extinto da Turquia, situado na Anatólia Central, na província de Kayseri, a 25 km a sul da cidade de Kayseri.

Geografia e geologia[editar | editar código-fonte]

Com o seu cume mais alto a 3 916 m de altitude, é a montanha mais alta da Anatólia Central e ocupa uma área de 1 300 km².[1] É considerado uma extensão isolada dos Montes Tauro,[2] que se erguem para sul, ao longo de centenas de quilómetros. As zonas mais altas do Erciyes são áridas e rochosas, com muito pouca vegetação,[3] mas em muitas zonas das encostas até 1600 metros, principalmente a norte, onde o clima é mais temperado, há muitos pomares e vinhas.[4]

O vulcão começou a crescer há cerca de 900 milhões de anos. Encontram-se numerosos cones parasitas no que é atualmente o flanco norte, muitos ao longo de fissuras radiais. A rocha mais recente data de há 83 000 anos, mas podem ter ocorrido erupções posteriores. Há documentos históricos que mencionam uma avalanche na encosta oriental e no Líbano há uma camada piroclástica do início do Holoceno (que começou há cerca de 11 500 anos), que alguns atribuem ao Erciyes. É possível que imagens em moedas romanas e uma montanha representado dentro de um templo clássico sejam de uma erupção ocorrida em 253 a.C.,[1] [5] mas as imagens podem igualmente representar fontes de metano de um pântano da bacia de Sultansazlığı. A última erupção datada com alguma segurança deu-se em 6 880 a.C..[1]

História[editar | editar código-fonte]

Estrabão, o geógrafo e historiador grego do início da nossa era escreveu que o seu cume tinha neve todo o ano e que de lá se conseguia avistar o Mar Negro a norte e o Mar Mediterrâneo a sul em dias com boa visibilidade.[nt 1] [6] Estrabão descreve também erupções noturnas, como braseiros que irromperam da terra, e que na região existiam fumarolas de vapor de água e de enxofre.[nt 2] [7]

Segundo a tradição cristã, foi para uma gruta do Monte Argeu que São Brás se retirou como eremita, apesar de ser bispo da cidade arménia de Sebaste (atualmente a cidade turca de Sivas).[8]

A primeira ascensão foi levada a cabo pelo geólogo inglês William John Hamilton em 1837.[nt 2]

Turismo[editar | editar código-fonte]

O cimo do Erciyes sem neve, uma situação pouco comum.

A montanha é um destino com alguma popularidade para a prática de montanhismo e caminhadas e existe uma estância de ski, a qual está instalada no planalto de Tekir, na encosta norte, onde há pistas com altitudes entre os 2200 e os 3100 metros de altitude e alguns alojamentos, nomeadamente um hotel. A melhor época para esquiar é desde o final de novembro até ao final de abril, quando a espessura de neve é geralmente de 2 metros em média.[9]

A subida ao cume é dificultada, não só pela neve, muito abundante exceto no verão, quando apesar de mais escassa, pode tornar-se uma papa traiçoeira, mas também pela queda de rocha vulcânica. Um outro perigo potencial, este de natureza humana, é o facto de em agosto o prado de Tekir Yaylası ser o palco de um encontro do do partido ultranacionalista de de Ação Nacionalista (Milliyetçi Hareket Partisi, MHP), que chega a juntar 50 000 pessoas agitando bandeiras, que instalam uma autêntica cidade de tendas.

Erciyes Dagi.jpg


Notas

  1. Artigo «Mount Erciyes» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  2. a b Artigo «Erciyes Dağı» na Wikipédia em alemão (acessado nesta versão).

Referências

  1. a b c Erciyes Dagi (em inglês). www.volcano.si.edu. Global Volcanism Program, Instituto Smithsoniano. Arquivado do original em 2010-07-15. Página visitada em 2010-07-15.
  2. "Taurus Mountains". Enciclopédia Britânica. (2010). Consultado em 2010-07-15. 
  3. Ayliffe, Rosie; Dubi, Marc; Gawthrop, John; Richardson, Terry. The Rough Guide to Turkey (em inglês). 5 ed. [S.l.]: Rough Guides, Ltd, 2003. 678-679 p. ISBN 1-84353-071-6
  4. Mount Erciyes (em inglês). Anatolia.com. Arquivado do original em 2010-07-15. Página visitada em 2010-07-15.
  5. Cappadocia. Caesarea. Trajan (AD 98–117) (em inglês). www.acsearch.info. Ancient Coin Search Engine. Arquivado do original em 2010-07-15. Página visitada em 2010-07-15.
  6. Estrabão, Geographica, 12.2.7.
  7. Wolf-Dieter Hütteroth/Volker Höhfeld: Türkei. Wissenschaftliche Buchgesellschaft Darmstadt 2002, S. 43 ISBN 3-534-13712-4
  8. 11 de Fevereiro: São Brás, hieromártir, bispo de Sebaste na Armênia († c. 316). ecclesia.com.br. Ecclesia Brasil, Arquidiocese Grega de Buenos Aires e América do Sul (2010-02-11). Arquivado do original em 2010-07-15. Página visitada em 2010-07-15.
  9. Kayseri - Erciyes (em inglês). www.kultur.gov.tr. Ministério do Turismo da Turquia (2005). Arquivado do original em 2010-07-15. Página visitada em 2010-07-15.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Monte Argeu