Monte San Giorgio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Monte San Giorgio *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Pachypleurosaurus.jpg
Pachypleurosauros descoberto no Mte San Giorgio
País Suíça
Critérios vii, viii, ix
Referência 1090
Coordenadas 45° 55′ N 08° 56′ 60
Histórico de inscrição
Inscrição 2001 e 2007  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

O sítio fossilífero do Monte San Giorgio (São Jorge) fica de um lado e doutro da fronteira entre a Suíça e a  Itália e nas encostas deste monte. Está inscrito no Património Mundial da UNESCO desde 2003 no que respeita à parte situada no cantão do Tissino na Suíça, e desde 2010 para a parte situada na província de Varese na Itália. Este sítio fossilífero foi classificado pela UNESCO como sendo "o testemunho mais conhecido da vida marinha do Triássico".[1]

O sítio[editar | editar código-fonte]

Contem fósseis completos e bem conservados. Há cerca de 240 milhões de anos este local encontrava-se numa lagoa tropical que abrigava peixes, moluscos e crustáceos. Pela sua posição junto á costa, encontram-se também formas de vida terrestre como répteis, insectos e plantas [1] - [2]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Com uma superfície total de 1 089,34 ha, está classificado na categoria viii em razão da à riqueza e conservação dos fósseis presentes [1]

Artigo & Referências[editar | editar código-fonte]

Artigo em parte baseado na versão francesa fr:Monte San Giorgio

Referências