Monte Sanford

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sanford
Monte Sanford
Sanford está localizado em: Alasca
Sanford
Coordenadas 62° 12' 50" N 144° 7' 44" O
Altitude 4 949 m (16 237 pés)
Proeminência 2 328 m
Listas Ultra
Localização Parque Nacional e Reserva de Wrangell-St. Elias, Alasca,  Estados Unidos
Cordilheira Montes Wrangell
Primeira ascensão 21 de julho de 1938 por Terris Moore e Bradford Washburn
Rota mais fácil Glaciar Sheep (North Ramp)

O Monte Sanford é um vulcão em escudo[1] no campo vulcânico Wrangell, nos montes Wrangell, na Região Censitária de Valdez-Cordova, parte oriental do Alasca, Estados Unidos. É o terceiro mais alto vulcão dos Estados Unidos depois do Monte Bona e do Monte Blackburn. A face sul do vulcão, na cabeceira do glaciar de Sanford, ergue-se 2400 m para uma distância horizontal de 1600 m, no que é uma das vertentes mais inclinadas da América do Norte. É um pico ultraproeminente e está integrado no Parque Nacional e Reserva de Wrangell-St. Elias, ficando perto do rio Copper.

Montes Sanford (esq.) e Wrangell (dir.)

Esta montanha foi palco de um trágico acidente aéreo em 12 de março de 1948, quando o voo Northwest Airlines 4422, devido a uma colisão com o solo em voo controlado, se estatelou e provocou a morte a 30 pessoas. Os destroços só foram descobertos em 1999, 51 anos depois do acidente, e apenas se descobriu parte de um corpo.[2]

A primeira ascensão ao topo foi feita em 1938 por Terris Moore e Bradford Washburn, e a primeira ascensão solitária foi a do japonês Naomi Uemura, que morreria em 1984 a tentar escalar sozinha o Monte McKinley.[3]

Referências

  1. "Sanford". Global Volcanism Program, Smithsonian Institution. http://www.volcano.si.edu/world/volcano.cfm?vnum=1105-01-. Visitado em 2008-12-23. 
  2. Accident description Aviation Safety Network. Visitado em 2008-12-23.
  3. Vickery, Jim Dale. Winter Sign. Minneapolis: University of Minnesota Press, 1998. 50–51 pp. ISBN 0-8166-2969-2.