Montes Pônticos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Montes Pônticos
Panorama das montanhas em 2007, desde o planalto de Yaylası, na província de Giresun, Turquia.
Localização
Coordenadas 40° 30′ N 40° 30′ E
Localização nordeste da Turquia e sudeste da Geórgia
País(es)  Turquia
 Geórgia
Características
Altitude máxima 3 931 m
Cumes mais altos Kaçkar Dağı

Os Montes Pônticos, também conhecidos como Cordilheira Pôntica, Montes do Ponto[1] (em turco: Kuzey Anadolu Dağları ou Dogukaradeniz Dağları[2] [a]) ou, localmente e em grego pôntico, como montanhas Parhar ("alto", "topo" em hitita[3] ), formam uma cadeia de montanhas no nordeste da Turquia, cujo extremo oriental se estende para dentro do sudoeste da Geórgia.

Descrição[editar | editar código-fonte]

A cadeia se estende de oeste para leste, paralelamente e próxima à costa sul do Mar Negro, desde a região de Trebizonda, passando por Artvin, na Turquia, e entrando no sudoeste da Geórgia. O pico mais alto da cadeia é o Kaçkar Dağı, no maciço dos Kaçkar[b], com 3 931 metros de altitude. A Falha do Norte da Anatólia e a Falha Oriental da Anatólia, falhas transcorrentes dispostas na orientação leste-oeste, acompanham toda a extensão da cordilheira.

As montanhas são majoritariamente cobertas por densas florestas, principalmente de coníferas. As florestas coníferas e caducifólias da Anatólia setentrional formam uma ecorregião que cobre a maior parte da cadeia, enquanto as florestas mistas do Cáucaso se estendem por toda a extremidade oriental da cordilheira dos Montes Kaçkar. A região abriga exemplares da fauna da Eurásia como o tetraz-do-cáucaso (Tetrao mlokosiewiczi), o melro-de-peito-branco, o canário-asiático (Serinus pusillus) e a trepadeira-dos-muros. [4]

A estreita faixa costeira entre as montanhas e o Mar Negro, conhecido historicamente como Ponto, é onde se encontram as florestas caducifólias do Ponto Euxino e da Cólquida, que contém algumas das únicas florestas temperadas da Europa. O Planalto da Anatólia, ao sul da cordilheira, apresenta um clima consideravelmente mais seco e mais continental que o litoral, úmido e mais ameno.

Notas

[a] ^ Karadeniz é o nome do Mar Negro em turco.
[b] ^ A designação de Montes Kaçkar é usualmente aplicada apenas uma cordilheira, mas por vezes abarca todo o sistema montanhoso pôntico. Exemplo: Ayliffe, Rosie; Dubi, Marc; Gawthrop, John; Richardson, Terry. The Rough Guide to Turkey (em inglês). 5 ed. [S.l.]: Rough Guides, Ltd, 2003. V p. ISBN 1-84353-071-6.

Referências

  1. Hodges, Mary Jane. O Novo Atlas do Mundo. Lisboa: Selecções do Reader's Digest, 1990. 118 p. ISBN 972-609-041-5
  2. Türkiye Touristic Road Map. Antalya: Bilge Color Turizm Ticaret, LTD. STI., 2003.
  3. Öztürk, Özhan. Karadeniz Ansiklopedik Sözlük (Dicionário Enciclopédico do Mar Negro) (em turco). Istambul: Heyamola Publishing House, 2005. 1836 p. ISBN 9756121009. Referido em: www.karalahana.com (em inglês) e www.turkishbooks.com (em inglês).
  4. Couzens, Dominic. Top 100 Birding Sites of the World. [S.l.]: University of California Press, 2008. 73–75 p. ISBN 978-0-520-25932-4
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.