Montes Tauro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Cume de Demirkazık na província de Niğde

Os Montes Tauro (árabe,جبال طوروس, turco: Toros Dağları) são uma cadeia montanhosa no sul da Turquia, donde os rios Eufrates e Tigre correm em direcção à Síria e ao Iraque.

Este sistema montanhoso estende-se desde o lago Eğirdir a oeste até às zonas mais altas do Eufrates e do Tigre a leste. Possui inúmeros picos acima dos 3 000 metros, sendo o ponto mais alto o cume Demirkazık na região conhecida como Aladağlar, com 3 756 metros de altitude. Outro pico notável é o Medetsiz (3 524 m) na secção de Bolkar Dağları.

Divide a região mediterrânica da Turquia meridional do planato central da Anatólia.

O passo conhecido na antiguidade como Portas da Cilícia atravessa a cadeia montanhosa a norte de Tarso, local de nascimento do apóstolo Paulo.

O calcário sofreu erosão produzindo-se paisagens cársticas com quedas de água, rios subterrâneos e as maiores cavernas da Ásia.

Em Kestel existe um sítio arqueológico da Idade do Bronze com evidências antigas de mineração de estanho.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]