Montserrat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Montserrat
Montserrat
Bandeira
Brasão de armas
Bandeira Brasão de armas
Lema: não tem
Hino nacional: "God Save the Queen"

Localização  Montserrat

Localização
Capital Plymouth (de jure)1
Brades (de facto)
Língua oficial Inglês
Governo Território Britânico Ultramarino
 - Monarca Isabel II
 - Governador Adrian Davis
 - Premier Donaldson Romeo
História  
 - Controlo britânico estabelecido 1632 
Área  
 - Total 102 km² (219.º)
 - Água (%) n/a
População  
 - Estimativa de 2006 4655 hab. (216.º)
 - Urbana  (n/a.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2002
 - Total US$ 99 milhões 
 - Per capita US$ 3400 
Moeda Dólar do Caribe Oriental (XCD)
Fuso horário UTC-4 (UTC-4)
Cód. Internet .ms
Cód. telef. +1-664
1 Abandonada em 1997 devido a uma erupção vulcânica. Os edifícios governamentais localizam-se actualmente em Brades, fazendo desta cidade a capital de facto.

Montserrat, ou Monserrate,[1] [2] [3] é uma ilha das Caraíbas (Caribe em português brasileiro), que se constitui como um território ultramarino do Reino Unido. Situa-se nas ilhas de Barlavento, parte da cadeia insular das Pequenas Antilhas, nas Índias Ocidentais. A ilha de Monserrate tem aproximadamente 16 km (9,9 mi) de comprimento e 11 km (6,8 mi) de largura, com cerca de 40 km de linha de costa.[4] Monserrate tem a alcunha (apelido, em português brasileiro) de "Ilha Esmeralda das Caraíbas", quer pelas suas semelhanças com as costa irlandesa e devido à ascendência de alguns dos seus habitantes.

A 18 de julho de 1995, o vulcão anteriormente dormente das Soufrière Hills voltou a estar ativo. As erupções destruíram a capital da era georgiana de Monserrate, Plymouth, bem como forçaram dois terços da população a fugir.[5] A atividade vulcânica continua atualmente, afetando principalmente as vizinhanças de Plymouth, incluindo as suas docas, bem como o lado oriental da ilha em torno do antigo Aeroporto W. H. Bramble, cujos escombros foram enterrados pelas correntes de lava resultantes da atividade vulcânica de 11 de fevereiro de 2010.

Apesar de Plymouth ser ainda a capital de jure do território, uma nova cidade e porto estão a ser construídas em Little Bay, no noroeste da ilha. Enquanto a construção continua, o centro de governo permanece provisoriamente em Brades, no norte da ilha.

História[editar | editar código-fonte]

A ilha foi descoberta em 1493 por Colombo e é território britânico desde 1632. Tem administração própria desde 1956.

O vulcão Soufrière Hills, que desde o século XVII não apresentava qualquer erupção, apesar de nos anos 1966/67 ter sido registada alguma atividade sísmica, em 18 de Julho de 1995 acordou e entrou em atividade, tendo a capital Plymouth sido evacuada. Em 1997 deu-se a maior erupção, que destruiu o aeroporto e matou 19 pessoas. O novo aeroporto seria inaugurado em 2005.

Política[editar | editar código-fonte]

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

A ilha de Montserrat encontra-se dividida em 3 paróquias (parishes).

Geografia[editar | editar código-fonte]

A ilha é formada pelo efeito do arco vulcânico do Caribe, causando a emersão de material magmático do fundo oceânico e formando o complexo estratovulcânico Soufrière Hills, que desde 1995 causa preocupações à população local e autoridades políticas mundiais e científica. Tem o ponto mais elevado da ilha na elevação vizinha chamada Chances Peak com 915 metros, podendo variar a altitude de acordo com suas erupções, onde a tendência provável é de se aumentar sua elevação com o passar dos tempos. No mais, uma estreita planície costeira se entende notavelmente ao norte da ilha. A vegetação é característica das ilhas tropicais do Caribe com coqueiros e plantas da flora típica. O clima é tropical e com bastante ocorrências pluviométricas na maior parte do ano, sendo sujeito a eventuais furacões no período entre julho e novembro.

Economia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Mapa de Montserrat

Montserrat conserva apenas 4900 dos mais de 13000 habitantes que tinha antes da erupção. Dois terços das pessoas emigraram e mais de metade do território encontra-se inabitável.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Serviço das Publicações da União Europeia. Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas Código de Redacção Interinstitucional. Visitado em 13 de maio de 2013.
  2. Rocha, Carlos (17 de maio de 2010). Nomes de países das Caraíbas Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Visitado em 13 de maio de 2013.
  3. Macedo, Vítor. (Primavera de 2013). "Lista de capitais do Código de Redação Interinstitucional". A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41): 11. Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. ISSN 1830-7809. Visitado em 23 de maio de 2013.
  4. World Factbook — Montserrat CIA. Visitado em 13 de maio de 2013.
  5. Volcano Observatory &madsh; Montserrat. Visitado em 13 de maio de 2013.