Moolooíta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde janeiro de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Moolooíta é um mineral verde-azulado cuja fórmula é Cu++(C2O4)•n(H2O) (n<1). Foi descoberto por Richard M Clarke e Ian R Williams em Bunbury Well, nas Mooloo Downs, Murchison, no oeste da Austrália em 1986.1 ela tem uma estrutura cristalina ortorrômbica, e é formada pela interação do guano de pássaros com sulfeto de cobre. Uma segunda ocorrência foi relatada em Sainte-Marie-aux-Mines em uma mina de prata nas montanhas de Vosges, França.1

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Clarke, R.M., Williams I.R.. (1986). "Moolooite, a naturally occurring hydrated copper oxalate from Western Australia". Mineralogical Magazine 50 (356): 295–298.
Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.