Moralidade senhor-escravo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A moralidade senhor-escravo é a temática principal dos trabalhos do autor Friedrich Nietzsche e é o primeiro ensaio de seu livro "A Genealogia da Moralidade". Nietzsche afirma que existem apenas dois tipos de moralidade: "a moralidade do senhor" e a "moralidade do escravo". A "moralidade do senhor" apoia as suas decisões sobre as consequências, enquanto a "moralidade do escravo" apoia-se na escala de intenções.

Referência[editar | editar código-fonte]

  • Solomon, Robert C. and Clancy Martin. 2005. Since Socrates: A Concise Sourcebook of Classic Readings. London: Thomson Wadsworth. ISBN 0-534-6332805.
Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.