Morrer como um Homem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Morrer Como Um Homem
 Portugal
 França

2009 • cor • 134' min 
Direção João Pedro Rodrigues
Roteiro João Pedro Rodrigues
Elenco Fernando Santos
Alexander David
Gonçalo Ferreira de Almeida
Jenni La Rue
Chandra Malatitch
André Murraças
Género drama
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Morrer como um Homem (2009) é um filme português realizado por João Pedro Rodrigues, produzido por Maria João Sigalho na produtora independente portuguesa Rosa Filmes.

Receção[editar | editar código-fonte]

O filme fez parte da secção Un Certain Regard do Festival de Cannes de 2009.[1] Foi o filme de abertura do Festival Queer Lisboa desse ano.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Conta a história de um transformista homossexual (ainda que algumas fontes o descrevam incorrectamente como mulher transsexual) no fim de carreira. O elenco inclui vários transformistas portugueses com ou nenhuma ou pouca experiência como actores. O argumento é inspirado pela história real de Joaquim Centúrio de Almeida (de nome artístico "Ruth Bryden"), um transformista lisboeta, motivo que levou a um processo judicial por plágio de um livro biográfico sobre a vida de Joaquim Almeida, da autoria do cronista social Carlos Castro.

Crítica[editar | editar código-fonte]

A crítica internacional foi quase unânime na recepção negativa do filme. Leslie Felperin, da Variety.com, escreveu que lhe desagradava a duração excessiva do filme (138 minutos) e que demasiado tempo fosse ocupado com música e cantares. Para este crítico, tanto o filme como o enredo são banais.[2] O desempenho dos actores, muitos deles sem experiência prévia, também foi objecto de várias críticas. Em contrapartida, é defendido pelo crítico americano Dennis Lim, em entrevista publicada na revista Cinema Scope.[3] Em Portugal, vários críticos também recebram a obra com notas negativas, mas o filme, polémico, foi objecto de avaliações positivas de outros, como Mário Torres [1] e João Lopes [2].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Festival de Cannes: To Die Like a Man festival-cannes.com.. Página visitada em 2009-05-17.
  2. variety.com: To Die Like a Man.
  3. João Pedro Rodrigues – entrevista de Dennis Lim

Ligações externas[editar | editar código-fonte]