Morrigan Aensland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Morrigan Aensland
Nome no Japão Morigan Ānsurando (モリガン・アーンスランド)
Série de jogos Darkstalkers
Primeiro jogo Vampire / Darkstalkers: The Night Warriors (1994)
Designer Akira Yasuda (Darkstalkers), Aya Takemura (Namco X Capcom)
Dublador em inglês Kathleen Barr (anime)
Erin Fitzgerald (Cross Edge)
Siobhan Flynn (Marvel vs. Capcom 3)
Dublador japonês Yayoi Jinguji (jogos até Tatsunoko vs. Capcom)
Rie Tanaka (Marvel vs. Capcom 3)
Rei Sakuma (Vampire Hunter: The Animated Series (OVA e CD drama), Gunbird 2)
Kikuko Inoue (Vampire Night ~Owarai Yoru no Saiten~, Darkness Mission ~Tokusen Batā Shōyu Aji~)
Yumi Tōma (Dengeki CD Bunko EX Vampire ~Night Warriors~)
Informações pessoais
Sexo Feminino
Data de nascimento 1678
Alinhamento Neutro
Raça Súcubo
Terra natal Escócia
Afiliação Belial Aensland (pai)
Portal Games

Morrigan Aensland (モリガン・アーンスランド, Morigan Ānsurando?) é uma personagem da série de video game Darkstalkers, produzida pela empresa Capcom. Ela é dublada por Yayoi Jinguji em boa parte dos jogos que está presente.

Morrigan é apresentada como uma súcubo que está sempre entediada e procura a excitação no calor de uma batalha. Ela possuí longos cabelos verde-claros, um corpo curvilíneo, um par de asas de morcego em suas costas e dois morcegos que ficam em sua cabeça. Apesar da aparência e natureza demoníaca, Morrigan não é má, levando a crer que é uma anti-heroína nos seus jogos. Devido às várias aparições fora de Darkstalkers, ela indiretamente assume o papel de protagonista da franquia.

Conceito e Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Durante a fase de desenvolvimente de Darkstalkers, os produtores haviam planejado duas personagens feminias especifícas, uma mulher-gato e uma vampira, uma sensual e outra de aparência mais "fofa". Porém ao ver o resultado final de Morrigan ficou decidido que seria o contrário, portanto a personagem Felicia ficou com o aspecto mais inoncente que o planejado.

Apesar da natureza demôniaca, Morrigan não é má. Ela na verdade não entende o conceito de bem e mal, nem do que é certo e errado. Tanto que geralmente ao fim de um confronto ela fica se perguntanto se existe alguma coisa errada em se sentir bem, nem que para isso precise machucar outros. O que ela realmente procura em suas batalhas é prazer, devido a sua natureza ela também é uma das personagens mais sexuais no videos games.

Nos jogos[editar | editar código-fonte]

Morrigan é a filha adotiva de Belial Aensland, o governante de Makai (ou "Mundo dos Demônios" que é um universo paralelo ao dos humanos). Quando nasceu Morrigan era muito poderosa (uma "S-Rank" segundo alguns livros japoneses). Belial decidiu que, para o bem de Morrigan, esse poder todo fosse dividido, deixando 1/3 com ela, uma parte com ele que seria devolvida após sua morte e outro terço ficou separado em outra dimensão, porém essa parte desenvolveu consciência própria e veio a se tornar uma súcubo chamada Lilith como parte do plano de Jedah Dohma para recriar o universo: ele se aproveitou da vontade de Lilith de se reunir a Morrigan e fez para ela um corpo, moldado à semelhança da súcubo, esperando assim roubar o poder de Morrigan quando estivesse totalmente concentrado.

Sem saber de nada disso Morrigan cresceu no castelo do clã Aensland achando sua vida sem graça, visitando muitas vezes o mundo dos humanos atrás de diversão.

Uma vez fora atraída por uma energia misteriosa que vinha do mundo humano (mais tarde se descobriu que pertencia à Pyron). Na volta, descobriu que seu pai havia morrido (pelas mãos de Firebrand/Red Arremer, quando este estava em campanha militar a serviço de Lucifer/Loki de Ghouls 'n Ghosts, ao vagar através do mundo dos demônios, mundo dos homens, Makai, passado, presente, futuro e outras dimensões a partir do vórtice da Dimensão do Caos) e assim herdando o trono de líder do clã Aensland, e consequentemente restaurando parte de seu poder. Apesar de ser governante por direito do Makai, ela constantemente ignora suas obrigações como líder e tenta viver como antes.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Boa parte dos golpes de Morrigan são semelhantes aos de Ryu e Ken da série Street Fighter, tanto em comandos como em execução. Seu golpe conhecido como Darkness Illusion foi o primeiro ataque especial em um jogo de luta onde era preciso fazer uma sequência de botões. Tal sequência (soco fraco, soco fraco, direcional para frente, chute fraco, soco forte), ficaria mais tarde associada ao golpe Shun Goku Satsu de Akuma, também dos jogos Street Fighter.

Durante os jogos da série Marvel vs. Capcom alguns golpes receberam mais força, talvez pela velocidade dos combates ou como alguns acreditam, pelo fato de Morrigan e Lilith se unirem em uma só antes de uma batalha. Finishing Shower, um dos especiais primários de Morrigan foi substituído por Soul Eraser enquanto Valkyrie Turn deu lugar para Silhouette Blade. Na franquia Tatsunoko vs. Capcom além de seus golpes especiais antigos voltarem seu Darkness Illusion é feito com auxílio de sua "irmã" Lilith.

Um dos fatos mais estranhos sobre Morrigan é que, mesmo sendo uma das personagens mais famosas da Capcom, ela raramente recebeu atualizações como outros personagens como Ryu ou Chun-Li. Pelo contrário, em Capcom vs. SNK 2 (2001) ela possui os mesmos sprites que no primeiro Darkstalkers (1994): sete anos a separavam dos novos personagens daquele jogo. Felizmente ela recebeu gráficos inteiramente novos para sua estreia no universo 3D em Tatsunoko vs. Capcom: Ultimate All-Stars e voltou com novos gráficos em Marvel vs. Capcom 3: Fate of Two Worlds, que utiliza o sistema MT Framework para maior potência gráfica nos consoles e arcades.

Crossover[editar | editar código-fonte]

Morrigan apareceu como representante da franquia Darkstalkers na série Marvel vs. Capcom. Sendo a primeira personagem da franquia a participar de um jogo a parte. Durante o jogo Morrigan surge acompanhada de Lilith no início dos combates,há também uma versão de Lilith no jogo. Morrigan também veio para a continuação: Marvel vs Capcom 2, dessa vez acompanhada por seus companheiros de Darkstalkers Felicia, Anakaris e B.B.Hood.

Morrigan participou do jogo Capcom vs SNK, mas ficou de fora da versão SVC Chaos: SNK vs. Capcom (Demitri Maximoff foi o representante de Darkstalkers), mas ela voltou em Capcom vs SNK 2. Também aparece nas duas versões de Tatsunoko vs Capcom e é uma das personagens primarías de Marvel vs Capcom 3: Fate of Two Worlds. Morrigan também participou do RPG Namco x Capcom e do RPG tatíco Cross Edge.



Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.