Morro da Conceição (Recife)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Morro da Conceição
—  Bairro do Brasil  —
localização do bairro Morro da Conceição no Recife
localização do bairro Morro da Conceição no Recife
Unidade federativa Pernambuco
Município Recife
Criado em 1988
Fonte: Não disponível

O Morro da Conceição é um bairro do Recife.

Antes chamado Outeiro de Bagnuolo, pertencia ao bairro de Casa Amarela, dele se desmembrando em 1988, com a reestruturação político-administrativa do Recife.

História[editar | editar código-fonte]

Durante a segunda das Invasões holandesas do Brasil, o conde de Bagnuolo idealizou uma fortificação, próxima ao local do antigo Arraial Velho do Bom Jesus, que não chegou a ser construída.

Após a derrota dos holandeses, o local passou a ser chamado Outeiro de Bagnuolo, em lembrança ao seu nome.

Em 1900 recebeu a denominação de Outeiro da Bela Vista.

Seu nome atual data de 1904, quando o bispo do Recife, Dom Luís Raimundo da Silva Brito, mandou erigir no seu alto um monumento a Nossa Senhora da Conceição, que foi construído em Portugal e ali erguido, em comemoração ao cinqüentenário do dogma da Imaculada Conceição, sendo também erguida uma capela em estilo gótico e aberta uma estrada para acesso ao local.

Em 8 de dezembro de 1904, com a inauguração do monumento, uma grande multidão acorreu ao local, transformando-se em local de romaria e a data passou a ser feriado municipal.

Em 1906 foi construída uma capela próxima ao monumento a Nossa Senhora da Conceição.

Desdobrando-se da Paróquia do Bom Jesus do Arraial e sendo elevada a paróquia, foi construída outra igreja, a igreja matriz, entre a antiga capela e a imagem de Nossa Senhora da Conceição.

O local passou por processo de urbanização. A área, que antes servia de local para a festa profana, recebeu uma quadra poliesportiva e o terminal de ônibus ficou mais próximo da Imagem da Conceição.

Monumento[editar | editar código-fonte]

A Imagem de Nossa Senhora da Conceição, vinda da França de navio em 1904, mede 5,5 metros de altura e pesa 1806 kg. Representa Maria Santíssima, vestida de branco, envolvida em um manto azul, de pé sobre o globo terrestre, com as mãos unidas em oração e uma cobra sendo esmagada pelos pés, para simbolizar a passagm bíblica do livro do Gênesis (3,15), quando Deus diz: "Porei inimizade entre ti e a Mulher, entre a tua descedência e a dela. Tu lhe ferirás o calcanhar e ela te esmagará a cabeça".

Tem sua face virada para a nova igreja Matriz, construída em 2008, defronte da antiga capela do início do século XX.

Em posição alta e privilegiada, a imagem e a capela são vistas de várias partes do Recife.

Apesar da importância que tem para o povo e a história recifense, o conjunto (imagem e capela) não é tombado pelo Patrimônio Histórico.

Festa do Morro[editar | editar código-fonte]

Festa do Morro da Conceição, em 2007.

Festa religiosa[editar | editar código-fonte]

Todos os anos, em 29 de novembro, é realizada a procissão da bandeira, que leva pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição e uma bandeira alusiva à mesma.

Quando o monumento pertencia à paróquia do Bom Jesus do Arraial, a procissão saía sempre de sua matriz.

Com a elevação a paróquia, essa procissão passou a sair de pontos diferentes a cada ano.

É realizada uma novena, que termina no dia 7 de dezembro.

No dia 8, são celebradas missas, a partir das 12:00 horas da madrugada, culminando com outra procissão, no final da tarde.

Festa profana[editar | editar código-fonte]

Até 1959 o pátio do Morro da Conceição era palco de uma grande festa profana, com brinquedos infantis e adultos, barracas com comidas típicas etc. Grande multidão acorria ao local durante os dias que antecediam a festa da Conceição.

Com um acidente ocorrido em 1959, quando houve correrias no local repleto de pessoas, resultando em várias mortes e inúmeras pessoas acidentadas, o então pároco da paróquia do Bom Jesus do Arraial, Monsenhor Teobaldo de Souza Rocha, empenhou-se junto às autoridades para retirar do morro a festa profana.

Mudaram-se, então, os festejos profanos para o pé do morro, na Avenida Norte e no Largo Dom Luís.

Estrutura político-administrativa[editar | editar código-fonte]

Até 1974 o Morro da Conceição pertencia ao bairro de Casa Amarela. Com a reestruturação dos bairros do Recife, foi elevado à categoria de bairro.

Pelo censo de 2000, do IBGE o Morro da Conceição tem População: 10.142 habitantes, numa área de 40,9 hectares.

Densidade: 248,15 hab./ha

Panorama do Morro da Conceição.
Panorama do Morro da Conceição.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]