Mosca-de-estábulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaMosca-de-estábulo
Mosca-dos-estábulos numa folha de babosa

Mosca-dos-estábulos numa folha de babosa
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Diptera
Subordem: Brachycera
Família: Muscidae
Género: Stomoxys
Espécie: S. calcitrans
Nome binomial
Stomoxys calcitrans
Linnaeus, 1758
Sinónimos

A mosca-de-estábulo (Stomoxys calcitrans (L.)), também chamada mosca-dos-estábulos, mosca-do-bagaço, mosca-do-gado, beruanha, bironha, meruanha, muruanha[1] , bernanha, beronha, biruanha, buruanha, murianha e murinhanha, é uma mosca da família dos muscídeos, de distribuição cosmopolita e de notável semelhança com a mosca-doméstica, embora dela se diferencie pela tromba alongada do aparelho bucal, uma vez que a utiliza para sugar o sangue de animais, especialmente de cavalos, causando-lhes feridas nas orelhas e transmitindo doenças. Uma das referências mais antigas dessa mosca, se encontra na Bíblia, em Êxodo 8:21.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Beruanha", "bironha", "meruanha", "muruanha", "bernanha", "beronha", "biruanha", "buruanha", "murianha" e "muriranha" provêm da junção dos termos tupis mbe'ru (mosca) e ãi (aguçada[2] , com dente[3] ).

Combate[editar | editar código-fonte]

A Embrapa Gado de Corte dispõe de uma nota técnica e de um documento com recomendações para casos de surto da mosca-dos-estábulos.

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.251
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 162
  3. http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
Ícone de esboço Este artigo sobre insetos, integrado no Projeto Artrópodes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.