Mossel Bay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mosselbaai

Mossel Bay (afrikaans: Mosselbaai) é uma cidade portuária do Oceano Índico, na província do Cabo Ocidental, na África do Sul. Tem uma população de 82 332 habitantes e é sede de município. Está situada a leste do Cabo da Boa Esperança e faz parte da rota turística “Garden Route”, que vai da Cidade do Cabo até Port Elizabeth.

História[editar | editar código-fonte]

A baía foi descoberta pelo navegador português Bartolomeu Dias, a 3 de Fevereiro de 1488, que lhe deu o nome de Aguada de São Brás.

Os primeiros contactos comerciais entre europeus e a população khoisan começaram em 1497, na primeira viagem de Vasco da Gama, e a baía passou a ser utilizada para reabastecimento de água e produtos frescos na Carreira da Índia. Em 1500 Pero de Ataíde aí deixou uma mensagem dentro de um sapato escondido numa árvore e, desde então, passou a funcionar como ponto de contacto entre os navios que iam para a Índia e os que regressavam a Portugal. Em 1501, foi erigida uma capela por João da Nova.

Foi em 1601 que o navegador holandês Paulus van Caerden rebaptizou o local como Mosselbaai (Baía dos mexilhões) pela grande quantidade de mexilhões que aí encontrou. Foi apenas em 1729 que os primeiros colonos holandeses aí se estabeleceram, 77 anos após a fundação da Cidade do Cabo em 1652. Em 1848, a povoação obtém o estatuto de cidade e em 1852 o de município. Existe o "Dias Museum Complex" dedicado à história de Mossel Bay.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a África do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.