Mosteiro de Zuqnin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Zuqnin foi um antigo mosteiro cristão localizado ao norte de Amida, perto da moderna cidade de Diyarbakır no leste da Turquia. João do Éfeso foi ordenado aqui por João de Tella em 529.[1] É nesse mosteiro que a Crônica de Zuqnin foi escrita pelo monge siríaco Josué, o Estilita em cerca de 775, dos quais o mosteiro está mais associado.[2] A biblioteca do mosteiro era de renome considerável para os estudiosos da área, contendo muitos livros valiosos, incluindo as obras de Eusébio, Sócrates, João do Éfeso e a Crônica de Zuqnin.[3]

Referências

  1. Uhlig 2007, p. 296
  2. Goldbæk 1993, p. 179
  3. Palmer 1993, p. 70

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Goldbæk, Henning. En beduin ved navn Gustave: tre essays om orientalismen i Baudelaires og Flauberts tidsalder. [S.l.: s.n.], 1993. ISBN 978-87-7289-236-8.
  • Palmer, Andrew. The Seventh Century in the West-Syrian Chronicles. [S.l.: s.n.], 1993. ISBN 978-0-85323-238-4.