Mosteiros (Ponta Delgada)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2011).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
 Portugal Mosteiros  
—  Freguesia  —
Mosteiros, vista geral
Mosteiros, vista geral
Mosteiros está localizado em: Açores
Mosteiros
Localização de Mosteiros nos Açores
37° 53' 35" N 25° 49' 1" O
País  Portugal
Região Flag of the Azores.svg Açores
Concelho PDL.png Ponta Delgada
 - Tipo Junta de freguesia
Área
 - Total 8,98 km²
População (2011)
 - Total 1 123
    • Densidade 125,1/km2 
Orago Nossa Senhora da Conceição
Correio electrónico jsmosteiros@oninet.pt

Mosteiros é uma freguesia portuguesa do concelho de Ponta Delgada, com 8,98 km² de área e 1 123 habitantes (2011). Densidade: 125,1 hab/km².

Está a uma altitude de 16 a 30 metros acima do nível do mar, sendo uma espécie de grande fajã.

O restante da freguesia é bem mais elevado (pico e lombas) com altitudes na ordem dos 140 a 190 metros. Mosteiros tem uma estrada que liga Ponta Delgada e Ribeira Grande.

As actividades principais são a pesca e a agricultura. É banhada pelo Oceano Atlântico a oeste, possuindo um porto de pesca, uma praia de areia escura, aonde desaguam duas ribeiras, provenientes das cumeeiras, uma delas dividindo a freguesia a meio; e piscinas naturais designadas por Poço da Pedra.

Mosteiro vistos do mar.
Vista das Lombas e do Pico de Mafra, nos Mosteiros , foto tirado da Várzea).

A zona balnear de "Caneiros" é muito procurada para banhos de "mar e algas". Tem montanhas a leste, genericamente chamadas de Cumeeiras, que fazem parte da Caldeira do vulcão das Sete Cidades.

Os Mosteiros tem uma escola, A Escola Comendador Ângelo José Dias, do 1º ciclo; uma igreja dedicada à evocação de Nossa Senhora da Conceição, padroeira tanto da freguesia como de Portugal, cuja imagem de encontra na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, uma capela dedicada a São Lázaro, quatro impérios do Espírito Santo e duas filarmónicas: Banda Fundação Brasileira, fundada em 1863 e a Banda Harmónia Mosteirense, fundada em 1883.

E uma freguesia muito procurada no verão, quer por residentes na ilha quer por turistas nacionais e muitos estrangeiros, sendo fácil arranjar alojamento em casas de campo com site na internet. Local ideal para quem gosta de costa e mar, quer para banhos quer para pesca. Pode-se também passear pelos caminhos pedestres que vão dar à freguesia das Sete Cidades, usando a rota da Pedra Queimada ou o do Pico de Mafra, aproveitando para subir ao próprio com altitude de 358 metros. Existe também o Caminho Velho que liga os Mosteiros ao Miradouro do Escalvado ou o outro que liga os Mosteiros ao lugar do João Bom do Pilar da Bretanha. Tem também vários merendários como é o caso do das Barracas, do Caminho Velho, da Beira-Mar e o mais recente do Ramal.

O polvo assado, as cracas e o peixe fresco são três pratos considerados típicos da localidade dada a forma de os confeccionar.Outros pratos tipicos são o feijão assado, o bolo da sertã, os derivados da matança do porco como os chouriços de carne, os chouriços mouros, as morcelas, o pé-de-torresmo, o debulho, a caganifância, os torresmos brancos, os torresmos de vinha-d´alhos, os chicharros assados, favas guisadas, favas escoadas, lapas ao molho de Afonso, batata doce assada, massa sovada e licor de funcho.

A sua festa maior é no 3º domingo de Agosto, festa religiosa, com procissão dedicada a quatro santinhos que são Nossa Senhora da Conceição, Santo Antão, São Pedro e Coração de Jesus, alternando todos os anos. É habitual haver também durante o verão festas desenvolvidas pelas duas bandas locais. As domingas do Espírito Santo regressam todos os anos a seguir à Quaresma, que nesta freguesia têm uma tradição e um culto muito forte.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Freguesias limítrofes[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre geografia dos Açores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.