Movimento 26 de Julho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bandeira do movimento

O Movimento 26 de Julho (M-26-J; M-26-7) foi um movimento revolucionário cubano, fundado em 1954 por Fidel Castro e seus companheiros,contra o ditador Fulgencio Batista.

O M-26-7 foi fundado no México, em meados de 1955, por Fidel Castro, Che Guevara, Camilo Cienfuegos e outros exiliados cubanos e adotou a mesma estratégia revolucionária elaborada e aplicada em 1953. O movimento se organizou em forma celular, clandestina, através de toda Cuba e encabeçou - juntamente com o PSP (Partido Socialista Popular) e o Diretório Revolucionário 13 de março - a luta contra a tirania de Fulgêncio Batista. Em 1961 os 3 grupos, conjuntamente, formaram as ORI (Organizações Revolucionárias Integradas), base do Partido Comunista Cubano (1965).

O grupo foi criado depois da libertação de Fidel Castro da prisão em que estava mantido devido ao evento que ficou conhecido como Assalto ao Quartel Moncada. Quando Fidel foi libertado da prisão foi criado o Movimento 26 de Julho.

Organização revolucionária cubana. Seu nome se refere a data em que aconteceu, em 1953, o Assalto ao Quartel Moncada, de Santiago de Cuba, e ao "Carlos Manuel de Céspedes", de Bayamo, que marcou o início da última etapa de lutas do povo cubano por sua total emancipação.

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.