Muçum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaMuçum
Synbranchus marmoratus.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Actinopterygii
Ordem: Synbranchiformes
Família: Synbranchidae
Género: Synbranchus
Espécie: S. marmoratus
Nome binomial
Synbranchus marmoratus
Bloch, 1795

O muçum (Synbranchus marmoratus), também chamado muçu[1] , peixe-cobra[1] ou enguia-d'água-doce,[1] é um peixe teleósteo sinbranquiforme da família dos sinbranquídeos, encontrado em rios, lagos e açudes da América do Sul. A espécie é desprovida de escamas, de nadadeiras pares e de bexiga natatória. Sua pele é cinzenta nos indivíduos jovens e amarelada nos indivíduos adultos, secretando grande quantidade de muco. Em períodos de seca, vive durante meses enterrado em túneis, possuindo, ainda, a capacidade de sofrer reversão sexual. Possui hábitos noturnos. Se alimenta de vermes, pequenos peixes, lodo, larvas e vegetais.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Muçum" origina-se do termo tupi para o animal: mu'sim.[1]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Muçum

Referências

  1. a b c d FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. pp.1 166-1 167
Ícone de esboço Este artigo sobre peixes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.