Mucama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mucama é a designação dada à escrava negra que estava outrora no Brasil concubine, o escravo sexual do mestres mas também moça que era escolhida para auxiliar em serviços domésticos ou acompanhar pessoas da família, geralmente as sinhás. Ela era escolhida especialmente para essas funções e acabava sendo tida como escrava de estimação. Algumas vezes também era a ama-de-leite. Exemplo na literatura temos a mucama Lucinda de Joaquim Manoel de Macedo. As mucamas muitas das vezes eram submetidas a torturas e ameaças de seus senhores. Existem alguns romances que colocam tais personagens como heróis, e como conselheiras das filhas dos barões do café e dos proprietarios de fazendas.