Mucoproteína

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma mucoproteína é uma glicoproteína composta primariamente de mucopolissacarídeos. Podem ser encontradas no fluido sinovial dos joelhos.

Sua concentração no organismo humano aumenta ou diminui como resposta a estímulos inflamatórios sépticos e assépticos, agudos e crônicos, localizados ou sistêmicos como a tuberculose, diabetes mellitus, neoplasia, doença do colágeno, cirrose hepática, gota, psoríase e diversas outras doenças infecciosas.[1] [2] [3] Genericamente, o aumento das proteínas na fase aguda indicam um reforço nos mecanismos de defesa com função de inibir ou neutralizar as enzimas lisossomais oriundas de liberação pelos leucócitos fagocitários durante o processo de necrose tissular[4] [5] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Winzier, R.J.: J. Clin. Invest. 27, 069, 1948.
  2. Weimer, It.E.: Am. Rev. Tuberc. Pulmonary Diseases 68, 594, 1952.
  3. MUCOPROTEÍNA - www.invitro.com.br
  4. CORRELAÇÃO ENTRE AS DETERMINAÇÕES DE ALFA-1 GLICOPROTEÍNA ÁCIDA E MUCOPROTEÍNAS - www.biotecnicaltda.com.br
  5. Mucoproteí­na versus alfa-1-glicoproteí­na ácida: o que quantificar? - Academic Journals Database - www.journaldatabase.org

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.