Mucuripe (Fortaleza)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mucuripe
—  Bairro do Brasil  —
Mapa de Fortaleza com destaque para o bairro Mucuripe
Mapa de Fortaleza com destaque para o bairro Mucuripe
Distrito Fortaleza (Sede)
Município Fortaleza
Limites Norte: Oceano Atlântico
Sul: Varjota
Leste: Serviluz e Vicente Pinzón
Oeste: Meireles
Subprefeitura Secretaria Executiva Regional (SER) II
Fonte: Não disponível
Pormenor do mapa da costa do Ceará de 1629 (João Teixeira Albernaz, o velho), com a Ponta do Mucuripe.
Mucuripe

O Mucuripe é um bairro da cidade brasileira de Fortaleza. [1]

Localiza-se ao longo da enseada homônima. Seu ponto culminante é a Ponta do Mucuripe. Situa-se cerca de quatro quilômetros a leste do Centro da cidade.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Etimologicamente, Mucuripe é uma palavra tupi, que significa: "Vale dos Mocós".[2] . Uma interpretação alternativa, entretanto, aponta para a tradução "no rio dos gambás", através da junção dos termos mukura ("gambá"), 'y ("água", "rio") e pe ("em"). No caso, o termo "gambá" não se referiria aos marsupiais propriamente ditos, mas a uma espécie local de peixe que exalaria um odor desagradável, semelhante ao do gambá[3] [4] .

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que, em 1500, antes da viagem de Pedro Álvares Cabral ao Brasil, o navegador espanhol Vicente Yáñez Pinzón desembarcou neste cabo e o batizou de Cabo de Santa Maria de La Consolación. Em 1501, André Gonçalves e Gonçalo Coelho chegaram à Enseada do Mucuripe tendo Américo Vespúcio na tripulação.

Quando os holandeses chegaram ao Ceará em 1649, o Mucuripe foi o porto de ancoragem de sua embarcação.[5] [6]

Durante a consolidação de Fortaleza como cidade, a enseada e a ponta do Mucuripe receberam diversas fortificações: Fortim de São Bartolomeu, Fortim de São Bernardo do Governador (Fortim de São Luís), Fortim da Bandeira, Bateria da Princesa Carlota, Bateria de São João do Príncipe e Bateria de São Pedro do Príncipe, que completavam a estrutura militar de defesa do Forte de Nossa Senhora da Assunção. Foi construído, na Ponta do Mucuripe, o Farol do Mucuripe, como apoio e complemento do Porto de Fortaleza e, em 1891, uma estação de trem.[7]

Vila de pescadores, teve dois centros habitacionais: um à margem esquerda do Riacho Maceió e outro à sua margem direita. À margem esquerda do Riacho Maceió, à beira-mar, foi construída uma igrejinha que ficou conhecida como a Capela dos Pescadores[8] . À margem direita do Riacho Macei, no alto da duna, foi construída a Igreja de Nossa Senhora da Saúde[9] . Em 1912, foi construído o segundo cemitério público de Fortaleza (Cemitério São Vicente de Paula).[10]

Nos anos 1940, o Mucuripe foi escolhido como o local para o Porto do Mucuripe, sendo o ramal ferroviário reformado para atender ao porto[7] .

Nos anos 1950, este bairro deixou de ser um bairro de pescadores e expandiu-se. Hoje, é uma das áreas de maior especulação imobiliária de Fortaleza.

Mesmo com toda a transformação no bairro, neste ainda acontece, às quintas-feiras, a tradicional Feira do Mucuripe[11] .

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.