Muistojeni laulu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Finlândia "Muistojeni laulu"
Festival Eurovisão da Canção 1963
Artista(s) Laila Halme
Compositor(s) Börje Sundgren
Letrista(s) Börje Sundgren
Resultado da Semifinal ------
Pontos da Semifinal ------
Resultado da Final 13.º
Pontos da Final 0
Actuações Cronológicas
◄ Tipi-tii (1962)   
Laiskotellen (1964) ►

"Muistojeni laulu" (em português: "A canção das minhas memórias") foi a canção finlandesa no Festival Eurovisão da Canção 1963 que decorreu em Londres em 23 de março de 1963.

A canção foi interpretada em finlandês por Laila Halme. Foi a sétima canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção da Itália "Uno per tutte" , interpretada por Emilio Pericoli e antes da canção da Dinamarca "Dansevise", cantada pelo duo Grethe Ingmann e Jørgen Ingmann . Terminou a competição em 13.º e último lugar (empatada com as canções dos Países Baixos Een speeldoos", da Noruega "Solhverv" e da Suécia "En gång i Stockholm") , todas com 0 pontos. Foi a primeira vez que a Finlândia teve os indesejados 0 pontos. No ano seguinte, em 1964, a Finlândia foi representada por Lasse Mårtenson que cantou o tema "Laiskotellen".

Autores[editar | editar código-fonte]

AUTORES
Letrista: Börje Sundgren
Compositor: Börje Sundgren
Orquestrador: George de Godzinsky

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é cantada na perspetiva de uma mulher que ouve uma canção que a relembra de um antigo amante. Ela canta que ela não consegue separar as duas memórias, por mais que ela tente.


Referências e ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.