Mujahidin do Decão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Mujadihin do Decão (em inglês: Deccan Mujahideen) são um suposto grupo terrorista que atua dentro da Índia, sobre o qual pouco se conhece.

De acordo com um e-mail enviado para agências de notícias, o grupo assumiu a responsabilidade pelos ataques terroristas de Bombaim, ocorridos em 26 de novembro de 2008, na qual 125 pessoas morreram[1] [2] e mais de 327 ficaram feridas. O envolvimento do grupo não foi confirmado, e poderia ser nome falso para outro grupo.[3] É possível que a organização, se existir, esteja relacionada aos Mujahidin da Índia.[4] [5] [6]

Referências

  1. "Terror attacks in Mumbai; six foreigners among 125 dead", The Times of India, 2008-11-26. Página visitada em 2008-11-26.
  2. "Deccan Mujahideen claims it behind Mumbai attacks - TV", Reuters India, 2008-11-26. Página visitada em 2008-11-26.
  3. "Mumbai rocked by deadly attacks", BBC News, 2008-11-26. Página visitada em 2008-11-26.
  4. "Indian Mujahideen threatens to target Mumbai", India Today, 2008-09-14. Página visitada em 2008-11-26.
  5. "Deccan terrorist group strike the helpless in Mumbai", NewDesignWorld Press, 2008-11-27. Página visitada em 2008-11-27.
  6. "Who are the Deccan Mujahideen?", Foriegn Policy.com, 2008-11-27. Página visitada em 2008-11-27.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]