Mujina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Mujina" no Wakan Sansai Zue

Mujina (?) é um antigo termo japonês que se refere, principalmente, ao texugo. Em algumas regiões, o termo refere-seao guaxinim japonês (também chamado de tanuki).Em algumas regiões, os animais semelhantes ao texugo também são conhecidos como mami, e em parte de Tochigi os texugos são referidos como tanuki e cães-guaxinim são referidos como mujina.

No folcore[editar | editar código-fonte]

"Mujina" do Konjaku Gazu Zoku Hyakki por Sekien Toriyama

No folclore japonês, assim como a raposa e o tanuki, eles são freqüentemente retratados como um yōkai que se transforma e engana os seres humanos e são vistos pela primeira vez na literatura do Nihon Shoki na parte sobre o ano 35º (627) da Imperatriz Suiko, onde se afirma que "em dois meses de primavera, há mujina no país de Mutsu (春2月、陸奥国に狢有り), eles se transformam em seres humanos e cantam (人となりて歌う)," mostrando que naquela época, já havia a ideia geral de que mujina se transformava e enganava os seres humanos.1 Na região de Shimōsa, são chamados de kabukiri-kozō (かぶきり小僧?), e eles se transformam em um Kozou (pequeno monge) vestindo uma estranho e curto quimono com uma cabeça semelhante à kappa e freqüentemente aparecem nas estradas durante a noite, onde há poucas pessoas e dizem: "dbeba água, beba chá (水飲め、茶を飲め?)."2 A história em coleções Lafcádio Hearn Kaidan chamou de "Mujina" o testemunho de um fantasma sem rosto (um noppera-bō) também é bem conhecido.3

Referências

  1. 笹間良彦. 図説・日本未確認生物事典. [S.l.]: 柏書房, 1994. 120頁 p. ISBN 978-4-7601-1299-9
  2. 小川景. (11 1939). "妖怪其他". 民間伝承 第5巻 (第2号): 9. 民間伝承の会.
  3. Monsters You Never Heard Of!: THE MUJINA by Michael D. Winkle. Accessed 3/7/08