Mujique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mujique era a denominação dada ao camponês russo, normalmente antes do país adotar o regime socialista (1917). Ela indica um certo grau de pobreza, uma vez que a maioria do mujiques eram servos (chamados de almas na Rússia) antes das reformas agrícolas de 1861. Depois desse ano, os servos receberam determinadas áreas para trabalhar a terra e se tornaram camponeses teoricamente livres, mas que em muitos casos ainda trabalhavam em um regime de servidão, muito parecido com o que aconteceu no Brasil logo após a abolição da escravatura. Esses camponeses livres foram então conhecidos (até 1917) como mujiques.

No romance Crime e Castigo de Dostoievski aparecem várias alusões aos mujiques como personagens de um estrato social inferior.

No livro Ana Karenina, de Liev Tolstói, há diversas passagens nas quais algumas personagens da obra debatem a respeito das melhores maneiras de gerir tanto suas propriedades de terras quanto o trato com os mujiques.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História da Rússia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.