Mulher Vampiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maria José Cristerna, mais conhecida por Mulher Vampiro é uma tatuadora e artista performática mexicana que ficou conhecida pela modificação corporal a que se submeteu.

Ela entrou para o Guinness Book como a mulher com maior número de mudanças corporais das Américas[1] .

Após sofrer durante 10 anos com a violência doméstica em seu primeiro casamento, ela ajuda as pessoas que passam pela mesma situação, redirecionando a atenção atraída por seu visual para a causa[2] . Ela afirma que começou a se tornar obcecada por tatuagens depois de ser vítima da violência doméstica cometidas por seu marido. Segundo ela, a tatuagem é uma forma de libertação para si mesmo a partir da sombra de seu marido[3] .

O programa Ripley's Believe It Or Not (conhecido no Brasil como Acredite Se Quiser) a convidou para ir até Orlando, na Flórida, onde eles mantêm um museu, para que eles tirassem o molde do corpo dela para fazer uma estátua de cera em tamanho natural[4] .

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. g1.globo.com/ "Mulher vampiro" bate recorde com maior número de mudanças corporais
  2. noticias.uol.com.br/ Após sofrer abusos por dez anos, Mulher Vampira ajuda vítimas de violência doméstica
  3. sosnoticias.com.br/ Veja porque Maria José Cristerna se transformou na “Mulher Vampiro”.
  4. noticias.r7.com/ Vampira mexicana dá sangue contra violência doméstica. Maria Jose diz que todo o seu corpo é um manifesto a favor da liberdade e contra o abuso

Links Externos[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.