Mundo iraniano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa do mundo iraniano.

O termo "mundo iraniano" (em persa: ایران بزرگ pron: Iran-e Bozorg, também ایران‌زمین pron: Iran-zamîn) é usado para designar a região onde as línguas iranianas eram ou são faladas, e também as regiões que fizeram parte da Pérsia ou do Império Persa. A Encyclopedia Iranica utiliza o termo continente cultural iraniano[1] , e outros nomes como Grande Pérsia ou continente cultural persa, de uso particular no Afeganistão e Tadjiquistão. Sob o ponto de vista irredentista, por vezes é chamado Grande Irão ou Grande Irã. Num sentido mais restrito para comunidade linguística da língua persa, é denominado de iranofonia, ou persofonia.[2]

Tradicionalmente, e até um período recente, a etnicidade nunca foi um critério determinante de separação nestas regiões. Richard Nelson Frye afirma:

"Sublinho muitas vezes que os povos atuais da Ásia Central falam uma língua iraniana ou turca, e têm uma cultura, uma religião e valores sociais comuns, e só a língua os separa."

É apenas na época moderna que as intervenções coloniais ocidentais e a etnicidade se tornaram fator de separação entre as províncias do mundo iraniano. Mas este é mais um super-estado cultural do que um estado político.

De modo claro, o "mundo iraniano" nunca teve fronteiras fixas, nem mesmo de definição precisa. Enquanto certas fontes definem este espaço como o dos Estados do presente do Irão, Afeganistão, Azerbaijão e repúblicas da Ásia Central [3] , outras fontes como as do investigador Richard Nelson Frye dão uma definição mais abrangente incluindo "a maior parte do Cáucaso, do Afeganistão e da Ásia Central, com influências culturais a estenderem-se até ao mundo chinês, ao subcontinente indiano e aos países que falam línguas semitas." Segundo Frye, "Irão significa todos os territórios e povos onde as línguas iranianas são ou foram faladas, e, no passado, as culturas iranianas de múltiplas facetas existiram." (p.xi, Greater Iran). Na obra Nuzhat al-Qolub (نزهه القلوب),o geógrafo medieval Hamdollah Mostowfi escreveu:

چند شهر است اندر ایران مرتفع تر از همه
Quantas cidades do Irão são melhores que todas as outras,
بهتر و سازنده تر از خوشی آب و هوا
com o seu agradável clima e cheias de promessas,
گنجه پر گنج در اران صفاهان در عراق
A rica Gandja de Arran, e também Esfahan,
در خراسان مرو و طوس در روم باشد اقسرا
Merv e Tus em Coração, e Konya (Aqsara).

Uma lista detalhada destas províncias descreve-se seguidamente.

Dentro do grupo irânico (línguas e povos), estão incluídos os persas, curdos, tajiques, ossetas, balúchis, pachtuns, parsis, hazaras, zazas; como Estados, estão o Irã e o Tajiquistão, Curdistão e Osssétia reclamando independência, e as regiões de Hazarajat e de Baluchistão, e outras da Turquia à Índia.

Origens[editar | editar código-fonte]

Em língua persa, o mundo iraniano é chamado Iranzamin (ایران‌زمین), o que significa "terra do Irão". Iranzamin era nos tempos míticos oposta a Turanzamin, a "terra de Turão", que ficava para norte da Ásia Central. (ver Dicionário Dehkhoda entrada "Turan")

Tratados[editar | editar código-fonte]

Mapa da Ásia Central, de 1719.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Em francês
Em persa